RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Volume: 29. (Suppl.10) DOI: http://www.dx.doi.org/10.5935/2238-3182.20190081

Voltar ao Sumário

Suplemento do 2º Curso de Antibiocoterapia LIPDIP/LADIP

Meningite Viral por HIV: Relato de Caso

Elizabeth Regina Comini Frota1; Hyggor Henrique Bego2; Nicole Cunha Neme2; Rodrigo Seixas Dourado2; Tiago Antônio dos Santos2

1. Docente da Universidade José do Rosário Vellano - Unifenas-BH
2. Acadêmico do 9° período do Curso de Medicina da Universidade José do Rosário Vellano - Unifenas-BH

Endereço para correspondência

Tiago Antônio dos Santos
tiago.medicina.bh@gmail.com
Endereço institucional:
Rua Líbano, 66, Itapoã, CEP 31710-030, Belo Horizonte/MG

Instituição em que o trabalho foi desenvolvido: Universidade José do Rosário Vellano - Unifenas-BH. Rua Líbano, 66, Itapoã, CEP 31710-030, Belo Horizonte/MG

 

RESUMO

Introdução: A infecção por HIV está em ascensão por todo planeta, principalmente na população jovem, sendo assim um grave problema de saúde pública. O envolvimento do sistema nervoso central (SNC) na infecção pelo vírus do HIV pode ocorrer em 40 a 70% dos indivíduos infectados. O diagnóstico diferencial é amplo e envolve diferentes etiologias. Objetivo: Relatar o caso de um paciente portador de meningite cuja patogênese ocorreu devido ao vírus HIV. Alertando a comunidade médica da importância desta etiologia como um diagnóstico diferencial. Relato de caso: Homem de 37 anos portador de HIV sem o consentimento e com sintomas inespecíficos foi admitido no serviço de urgência. A princípio parecia uma meningite viral comum, mas com a piora progressiva do quadro clínico, chegou-se ao diagnóstico de meningite por HIV. Conclusão: apesar de ser um quadro raro, em situação de meningite viral com os resultados negativos das pesquisas para os agentes mais prevalentes, é importante considerar a propedêutica para o HIV.

Palavras-Chave: HIV. Infecção. Líquor. Meningite.

 

Referências

1. Organização Mundial da Saúde. Protocolo Clínico e Diretrizes terapêuticas para o manejo da infecção do HIV em adultos. Brasília; 2018.

2. Gomes BC, Nunes J, Pinto J, Gouveia P. Neuroimagem na Infecção Vírus da Imunodeficiência Humana. Revista Científica da Ordem dos Médicos. Coimbra. 2012; 5(1): 7-12.

3. Christo PP. Alterações cognitivas na infecção pelo HIV e Aids. Rev. Assoc. Med. Bras. 2010; 56(2): 242-247.

4. Araujo A, Araujo AP; NOVIS SAP. A neuropatogenia do vírus da imunodeficiência humana. Arq. Neuro-Psiquiatr. 1996; 54(2):335-345.

5. Gomes RC, Gomes HR. Manifestações neurológicas associadas à infecção pelo HIV. In Martins HS et al. Prontosocorro. 2. ed. São Paulo. 2006; 3(2):1629-38

6. McArthur JC. Neurological complications of HIV infection. Lancet Neurol. 2005; 4(2):543-55.

7. Verma A. Neurological manifestations of human immunodeficiency virus infection in adults. In: Bradley WG et al. Neurology in clinical practice. 4. ed. Philadelphia. 2004; 2(1): 1581-602.

8. Fitch MT, Abrahamian FM, Moran GJ, Talan DA. Emergency department management of meningitis and encephalitis. Infect Dis Clin North Am. 2008; 22(1): 33-52.

9. Nath A. Neurological manifestations of HIV Infecction. Saint Paul: American Academy of Neurology. 2007.