RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Volume: 29

PDF Completo

 

ARTIGO DE REVISÃO

1 - Abordagem das varizes de esôfago no paciente pediátrico cirrótico: rastreamento, profilaxia primária e conduta no sangramento agudo

Management of esophageal varices in cirrhotic pediatric patient: screening, primary prophylaxis and management of acute bleeding

José Ricardo Borém Lopes; Thaís Costa Nascentes Queiroz; Priscila Menezes Ferri Liu; Alexandre Rodrigues Ferreira; Eleonora Druve Tavares Fagundes; Cristiana Guimarães Melo; Lucas Garcia de Figueiredo Colin

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S15-S20

O sangramento secundário ao rompimento das varizes esofágicas e gástricas é a principal causa de morbidade e mortalidade no paciente cirrótico. O conhecimento da evolução da hipertensão porta e da história natural das varizes permite otimizar a abordagem dos pacientes, o que inclui rastreamento de varizes com alto risco de sangramento através de endoscopia digestiva alta e indicação de profilaxia primária da hemorragia digestiva. Por outro lado, em caso de sangramento, o atendimento deve ser imediato, utilizando protocolos de conduta bem estabelecidos. Esta abordagem está bem definida em adultos cirróticos. Em crianças, devido ao número limitado de estudos, a abordagem ainda é baseada em recomendações para adultos, o que pode não ser adequado pelas particularidades desta faixa etária. Foi realizada uma revisão não sistemática da literatura científica de vinte anos (1998 - 2018) disponível nas bases de dados MEDLINE, PUBMED, Elsevier, Web of Science, Scielo e Lilacs. Apesar de não existirem recomendações claras sobre rastreio e acompanhamento, existe concordância sobre realizar endoscopia digestiva alta nos pacientes pediátricos cirróticos com sinais de hipertensão portal e implementar profilaxia primária nos casos com variz de esôfago de médio ou grosso calibre. Em relação à hemorragia varicosa aguda, pouco mudou nos últimos anos e as condutas continuam sendo predominantemente extrapoladas de estudos em pacientes adultos.

Palavras-chave Cirrose Hepática. Hipertensão Porta. Variz de Esôfago. Variz Gástrica. Crianças. Adolescentes.

The gastrointestinal bleeding from ruptured varices is the leading cause of morbidity and mortality in the cirrhotic patient. The knowledge of the evolution of portal hypertension and the natural story of gastro-esophageal varices allows a better approach to the cirrhotic patient that includes: screening for varices with high risk of bleeding and recommendation of primary prophylaxis for gastrointestinal bleeding. If the bleeding occurs, the approach must be immediate using known protocols. This conduct is well established in the cirrhotic adult. In children due to the limited number of studies the management is based in adult protocols, which could not be adequate to this age range. It was made a non systematic review of scientific literature from 1998 due 2018, available in MEDLINE, PUBMED, Elsevier, Web of Science, Scielo and Lilacs. Although there is no clear recommendation about the screening for varices, there is an agreement to do an endoscopy in children with clinical or laboratory signs of portal hypertension and begin the primary prophylaxis in esophageal varices of medium-size and large-size. In the regard of the acute bleeding, there were few changes in the last years and the approach remains predominantly extrapolated of studies with the adult population.

Keywords Hepatic Cirrhosis. Portal Hypertension. Esophageal Varices. Gastric Varices. Children. Adolescents.

2 - Atualização em difteria

Samya Vieira; Aline Martins de Mello Meira; Andrea Lucchesi de Carvalho; Isabella de Abreu Nepomuceno; Lilian Martins Oliveira Diniz; Roberta Maia de Castro Romanelli

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S21-S26

A difteria é uma infecção contagiosa de notificação compulsória, cuja epidemiologia vem sendo modificada em todo o mundo desde a introdução de sua vacina entre os anos de 1940 e 1950. Já representou uma das causas mais importantes de morte entre crianças, principalmente menores de cinco anos, mas sua incidência tem diminuído, tendo sido eliminada em muitos países. As manifestações clínicas consistem em comprometimento do estado geral do paciente, com febre, cansaço e palidez, posterior aparecimento de placas amigdalianas típicas (forma faringoamigdaliana), podendo, ainda, apresentar-se nas formas nasal (rinite diftérica), laríngea (laringite diftérica), traqueobrônquica, cutânea e outras formas raras. Podem ocorrer complicações, que comumente aparecem na segunda semana de evolução, sendo as principais: miocardite, neurite periférica e nefrite. O diagnóstico da difteria deve ser feito por meio dos achados clínicos, já que o atraso do tratamento leva a formas graves e pior prognóstico. A terapia é realizada em ambiente hospitalar, com uso de soro antidiftérico (SAD) e antibioticoterapia auxiliar, além de isolamento respiratório do paciente e abordagem dos indivíduos que tiveram contato com o caso suspeito.

Palavras-chave Revisão Difteria. Toxina Diftérica. Corynebacterium Diphtheriae.

Diphtheria is a contagious notifiable infection which epidemiology has been modified worldwide since the introduction of the vaccine between the years 1940 and 1950. The disease has already been one of the most important causes of death among children, especially children under 5 years of age, but its incidence is decreasing and several countries have already eliminated it. The clinical manifestations consist of worsening of general state of the patient, with fever, fatigue and paleness, and later appearance of typical membranes over tonsils (pharyngotonsillar form) and may also present in nasal form (diphtheria rhinitis), laryngeal (diphtheria laryngitis), tracheobronchial, cutaneous and other rare forms. Complications due to the disease may occur, which commonly appear in the second week of evolution, being the main ones: myocarditis, peripheral neuritis and nephritis. The diagnosis of diphtheria should be made through clinical findings, since delayed treatment leads to severe forms and worse prognosis. The therapy is performed in a hospital setting, using diphtheria antitoxin and auxiliary antibiotic therapy, in addition to respiratory isolation of the patient and approach of the individuals who had contact with the suspected case.

Keywords Diphtheria Review. Diphtheria Toxin. Corynebacterium Diphtheriae.

3 - Consenso de rinite sob a forma de mapa conceitual

Consensus of rhinitis in the form of a concept map

Clara Polito Braga; Caroline Alves Nakamura; Alessandra Noronha da Silva; Eliza Frederico Lessa; Lais Meirelles Nicoliello Vieira; Cássio da Cunha Ibiapina

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S27-S32

OBJETIVO: o presente trabalho tem por objetivo apresentar, sob a forma de mapa conceitual, o consenso de rinite.
MÉTODOS: ampla revisão do Consenso Brasileiro de Rinite, com posterior elaboração de mapa conceitual contendo esquematicamente conceitos e tópicos relevantes sobre o tema.
RESULTADOS: A rinite alérgica constitui um quadro clínico de inflamação e disfunção da mucosa de revestimento nasal. O diagnóstico é essencialmente clínico. Em casos selecionados, para caracterização específica do quadro e avaliação objetiva pode ser necessária a utilização de exames como teste de hipersensibilidade cutânea imediata e provas de função nasal. Frequentemente está associada a outras comorbidades, especialmente a asma, cuja identificação e tratamento concomitante é componente importante do seu controle. O tratamento é definido conforme o padrão da rinite, intermitente ou persistente, e o grau de gravidade. Além disso inclui medidas não farmacológicas, como controle ambiental, lavagem nasal com solução fisiológica, uso de anti-histamínicos orais, corticoides tópicos, cromoglicatodissódico, antagonistas de receptores de leucotrienos e imunoterapia alérgeno específica. O controle do tratamento pode ser feito pela avaliação clínica, com questionários de controle de sintomas e qualidade de vida e ainda com avaliação da função nasal.
CONCLUSÃO: A rinite alérgica é uma entidade que sempre deve ser lembrada pelo médico na abordagem de um paciente com quadro respiratório, atentando para a caracterização específica do quadro, direcionamento terapêutico, acompanhamento e adequação periódica da terapêutica.

Palavras-chave Rinite. Formação de Conceito. Consenso.

OBJECTIVE: the present study aims to present the guidelines of rhinitis in the form of a conceptual map.
METHODS: broad review of the Brazilian Consensus of Rhinitis, posteriorly structuring concepts and relevant issues about the theme in the form of a concept map.
RESULTS: Allergic rhinitis constitutes a clinical presentation of inflammation and dysfunction of the nasal mucosa. The diagnosis is essentially clinical. In specific and selected cases, a few resources, e.g. immediate cutaneous hypersensitivity test and nasal functional tests, may be used to obtain a more specific characterization of the affection and an objective evaluation. Rhinitis is frequently associated with other comorbidities, especially asthma, and their concomitant diagnosis and treatment is an important component in achieving rhinitis control. Treatment is determined according to the type of rhinitis, intermittent or persistent, and its severity degree. Moreover it includes non-pharmacological measures, e.g. environmental control, nasal wash with saline, and pharmacological measures, e.g. oral antihistamines, topical corticosteroids, disodium cromoglycate, leukotriene receptor antagonists and allergen-specific immunotherapy. The treatment control may be performed with clinical evaluation, questionnaires about symptoms control and quality of life and nasal functional test.
CONCLUSION: Allergic rhinitis is a clinical diagnosis that must always be remembered by the physician attending a patient with a respiratory syndrome. Special attention should be given to the specificities of the presentation, therapeutic guidance, follow-up and periodic adequacy in therapeutic.

Keywords Rhinitis. Concept Formation. Consensus

4 - Eventos adversos relacionados à ventilação mecânica em terapia intensiva pediátrica

Adverse events related to mechanic ventilation in pediatric intensive care

Lana dos Santos Martins; Alexandre Rodrigues Ferreira; Ana Carolina Domingues Ferreira; Fabiana Maria Kakehasi

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S33-S38

A assistência médica traz inúmeros benefícios, mas não está isenta de riscos. A publicação de um relatório pelo Institute of medicine (IOM), organização promotora de saúde baseada em evidências, estimou que cerca de um milhão de pacientes admitidos nos hospitais norte-americanos eram vítimas de eventos adversos assistenciais por ano. Evento adverso (EA) caracteriza-se por uma lesão ou dano não intencional causado ao paciente pela intervenção assistencial, e não pela doença de base. Grande parte dos estudos existentes analisam EA em geral em adultos, sem foco específico para ventilação mecânica e poucos avaliaram pacientes pediátricos. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), Segurança do Paciente é a redução do risco de danos desnecessários associados à assistência em saúde até um mínimo aceitável. EA resultantes de incidentes são classificados em leve, moderado, grave ou óbito, segundo gravidade, duração e implicações no tratamento. A Ventilação Mecânica Invasiva (VMI) pode gerar EA. A ocorrência de EA em pacientes em terapia intensiva pediátrica tem sido relatada nos estudos avaliados na literatura, onde as principais causas apontadas foram atelectasia, Pneumonia Associada à Ventilação (PAV) e pneumotórax. Existe necessidade de novas investigações sobre EA, que devem considerar mudanças recentes nas práticas assistenciais, protocolo de medidas preventivas e epidemiologia.

Palavras-chave Ventilação Mecânica. Iatrogenia. Segurança do Paciente.

Medical assistance carries unnumbered benefits, but is not absent of risks. The publication of a report by the Institute of Medicine, an evidence based health organization, estimated that about a million patients admitted in north American hospitals were a victim of assistance adverse events by year. Adverse Event (AE) is characterized by an injury or unintentional damage caused to a patient due to assistance intervention and not by the underlying disease. Most part of the existing studies analyse AE in adults, with no specific focus on mechanical ventilation, and few evaluate paediatric patients. According to the World Health Organizations (WHO), patients safety is the reduced risk of unnecessary damage associated with health assistance to an admissible minimum. AE resulting from incidents are ranked as light, moderate, severe or death, according to severity, duration and implications of treatment. Invasive Mechanical Ventilation (IMV) may cause AE. The rate of AE in paediatric intensive care patients has been reported in studies evaluated in the literature, where the main causes were atelectasis, Ventilation-Associated Pneumonia e pneumothorax. New investigations about AE are required, and they must consider recent shifts in assistance practices, preventive measures protocols and epidemiology.

Keywords Iatrogenic Disease. Patient Safety. Artificial Respiration.

5 - Extubação não planejada em pediatria: epidemiologia e estratégias para prevenção

Pediatric unplanned extubation: epidemiology and strategies for prevention

Jaqueline Albert; Ana Carolina Domingues Ferreira; Alexandre Rodrigues Ferreira

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S39-S43

A ventilação mecânica através do tubo endotraqueal é prática comum e segura de manutenção de pacientes críticos na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP), porém é passível de complicações, das quais a extubação não planejada (ENP) é a mais comum. Nos últimos anos as taxas de ENP variaram amplamente, a referência atual considerada como alvo é inferior a um dia por 100 dias de internação. Dentre os fatores de risco mais citados na literatura, destacam-se a ineficiência da restrição dos membros, paciente com faixa etária menor de um ano, nível de sedação inadequado, status mental do paciente previamente a extubação, obstrução do tubo orotraqueal e técnica de fixação do tubo. A ENP pode levar a complicações fatais, além de expor o paciente a morbimortalidade. Iniciativas para reduzir a ENP têm sido foco de melhoria para os indicadores de segurança de pacientes pediátricos potencialmente críticos. As principais estratégias de prevenção identificadas na literatura incluem: propostas de avaliação da sedação, programa de melhoria no treinamento da equipe assistencial, padronização de procedimentos. Apesar de avanços na prevenção e em programas de melhoria, a ENP ainda é evento frequente. Considerando todas as complicações associadas a ENP, presume-se ser relevante que as unidades pediátricas estabeleçam a sua incidência, conheçam os fatores de risco associados e adotem medidas de prevenção.

Palavras-chave Extubação. Eventos adversos. Qualidade dos cuidados de saúde. Crianças. Adolescentes.

Mechanical ventilation through endotracheal tube is a common and safe practice for the assessment of critically ill patients in the Pediatric Intensive Care Unit (PICU), however, it is susceptible to complications, of which unplanned extubation (UE) is the most common. In recent years, UE rates have varied widely, and the current reference target is less than one day per 100 days of hospitalization. The most cited risk factors in literature include ineffective limb mobilization, patients under one year of age, inadequate sedation level, mental status of the patient prior to extubation, orotracheal tube obstruction and fixation technique of the tube. UE can lead to fatal complications, in addition to exposing the patient to morbidity and mortality. Initiatives to reduce UE have been the focus for improving safety indicators of potentially critical pediatric patients. Key prevention strategies identified in literature include: sedation assessment proposals, care team training improvement programs, standardization of procedures. Despite advances in prevention and improvement programs, UE is still a frequent event. Considering all the complications associated with UE, it is assumed to be relevant that pediatric units establish their incidence, know the associated risk factors and adopt preventive measures.

Keywords Airway Extubation. Quality of Healthcare. Child. Adolescents.

6 - Gravidade da asma em adolescentes e sua evolução temporal

Lais Meirelles Nicoliello Vieira; Cássio da Cunha Ibiapina; Laura Maria de Lima Belizário Facury Lasmar; Cristina Gonçalves Alvim; Cláudia Ribeiro Andrade

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S44-S49

OBJETIVO: identificar a gravidade da asma em adolescentes de Belo Horizonte a partir do International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC) aplicado em 2012 e comparar com dados obtidos 10 anos antes.
METODOLOGIA: a gravidade da asma foi avaliada pelas seguintes perguntas: "nos últimos 12 meses, quantas crises de sibilos (chiado no peito) você teve?"; nos últimos 12 meses, com que frequência você teve seu sono perturbado por chiado no peito?" e "nos últimos 12 meses, seu chiado foi tão forte a ponto de impedir que você conseguisse dizer mais de duas palavras entre cada respiração?".
RESULTADOS: responderam ao questionário 3.325 adolescentes, sendo 56,1% do sexo masculino. A prevalência de sintomas de asma nesse ano foi de 19,8%, representando significativo aumento em relação a 2002 (17,8%). Em relação à gravidade, observou-se que o número de adolescentes que relataram mais de três crises no ano teve aumento estatisticamente significativo de 11 para 15,1%. Entre os adolescentes asmáticos, mais da metade teve também o diagnóstico de rinite (58,8%), principalmente do sexo feminino (65,6% dos casos). Adolescentes com asma e rinite concomitante apresentaram maior gravidade da doença, com mais noites de sono perturbado, chiado forte o suficiente para interromper a fala e maior número de crises no último ano.
CONCLUSÃO: em evolução temporal nota-se que a prevalência e gravidade da asma apresentou aumento significativo, principalmente no sexo feminino e naqueles com sintomas de rinite.

Palavras-chave Asma. Gravidade. Adolescentes.ISAAC.

OBJECTIVE: Identify the severity of asthma in adolescents from Belo Horizonte through the International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC) applied in 2012 and compare with the data obtained ten years earlier.
METHODOLOGY: Asthma severity was assessed by the following questions: "In the last 12 months, how many wheezing episodes did you have?" In the past 12 months, how often have you had your sleep disturbed by wheezing? and "In the past 12 months, was your wheezing so strong that it prevented you from saying more than 2 words between breaths? "
RESULTS: 3325 adolescents answered the questionnaire, being 56.1% male. The prevalence of asthma symptoms in the sample in that year was 19.8%, representing a significant increase in relation to 2002 (17,8%). Regarding severity, was observed that the number of adolescents who presented more than three crises in the year presented a statistically significant increase from 11% to 15.1%. Among asthmatic adolescents, more than half were diagnosed with rhinitis (58.8%), mainly females (65.6% of cases). Adolescents with asthma and concomitant rhinitis showed greater severity of the disease with more nights of disturbed sleep, wheezing strong enough to interrupt speech, and greater number of exacerbations in the last year.
CONCLUSION: In the temporal evolution, the prevalence and severity of asthma presented a significant increase, mainly in the female sex and those who reported rhinitis symptoms.

Keywords Asthma. Severity. Adolescents. ISAAC.

7 - Influência do empoderamento dos pais nos índices de aleitamento materno: evidências científicas e marcos legais

Influence of parental empowerment on breastfeeding rates: scientific evidence and legal frameworks

Matheus Santos França; Amanda Helena Souza Rodrigues; Luísa Ferrari Luz; Gabriela Araujo Costa; Beatriz de Oliveira Rocha

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S50-S55

INTRODUÇÃO: O aleitamento materno (AM) possui inúmeros benefícios para o binômio mãe-bebê: redução de infecções, prevenção da obesidade, redução do câncer de mama e ovários na mãe. Menos da metade dos lactentes, no mundo, são expostos aos benefícios do AM, sendo de extrema importância o conhecimento dos pais sobre tais benefícios, para estimular a amamentação, por isso, o tema da 28a Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM-2019) foi "Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação. Hoje e para o futuro!"
OBJETIVOS: identificar estudos, na literatura científica, sobre a participação e influência paterna no AM.
MÉTODOS:
Revisão de literatura nas bases de dados Pubmed, SciELO, Cochrane, LILACS com os descritores: breastfeeding, father, education, fathers' influence on breastfeeding, breastfeedingsupport. Critérios de inclusão: estudos em inglês ou português, delineamento experimental ou observacional, publicados nos últimos 20 anos, excluindo referências em outros idiomas, artigos de opinião, editoriais e publicações que não abordaram diretamente o assunto.
RESULTADOS: Foram identificadas inicialmente 35 referências; através da leitura crítica e sistemática de títulos e artigos e exclusão de publicações repetidas, foram selecionados 14 artigos abrangentes do tema. A presença da figura paterna durante o aleitamento está associada positivamente a maior tempo de amamentação; o apoio à nutriz, por profissionais de saúde e companheiros é de fundamental importância para que suas dúvidas sejam esclarecidas e a amamentação estimulada.
CONCLUSÃO: O apoio paterno tem extrema relevância para o sucesso do AM. Contudo, são necessárias abordagens práticas educativas bem direcionadas para que os pais sejam incluídos efetivamente no processo da amamentação.

Palavras-chave Promoção da amamentação. Influência dos pais na amamentação. Apoio à amamentação.

INTRODUCTION: Breastfeeding has many benefits for the mother-baby binomial: reduction of infections, obesity prevention, contribute to reduction of breast and ovarian cancers in the mother. Fewer than half of infants worldwide are exposed to the benefits of breast milk, and it is extremely important for parents to know about these benefits to stimulate breastfeeding, therefore the theme of the 28th World Breastfeeding Week (WBW-2019) was "Empower parents and allow breastfeeding, now and in the future!"
OBJECTIVES: Identify studies, in the scientific literature, about the father's participation and influence on breastfeeding.
METHODS: Literature review in databases Pubmed, SciELO, Cochrane, and LILACS with the descriptors: Fathers' influence on breastfeeding and Breastfeeding support. The review was limited to articles in Portuguese or English, experimental or observational studies, published in the last 20 years, excluding references in other languages, opinion articles, editors, publications that did not approach the subject.
RESULTS: Initially 35 references were identified; through critical reading and exclusion of repeated publications, were selected 14 articles that covered the theme. Texts and folders available on the World Alliance for Breastfeeding Action (WABA) website were also included. The presence of the father figure directly influences the time of breastfeeding, in addition, the support offered to nursing mother by health professionals and by partners has fundamental importance for their doubts to be clarified and for breastfeeding to be stimulated.
CONCLUSION: Paternal support has fundamental relevance to the success of breastfeeding. However, well directed practical educational approaches are needed for parents to be effectively included in the breastfeeding process.

Keywords breastfeeding promotion; father's influence on breastfeeding, breastfeeding support.

8 - Manejo da enurese na infância

Mônica Maria de Almeida Vasconcelos; Flávia Cristina Carvalho Mrad; Tânia Antunes Carvalho; Eleonora Moreira Lima

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S56-S61

Enurese é definida como perda involuntária de urina durante o sono em crianças maiores de 5 anos. Afeta cerca de 10 a 15% das crianças aos 6 anos e a prevalência diminui com o passar da idade. Mesmo sem tratamento adequado a taxa de resolução é de 15% ao ano A fisiopatologia da enurese é complexa, multifatorial e envolve fatores genéticos, fisiológicos e psicológicos. Provoca intenso sofrimento psicológico para a criança e família com prejuízos na relação social, desenvolvimento escolar e emocional. A anamnese e exame físico são fundamentais para classificação do tipo de enurese em monossintomática (quando não existem sintomas diurnos do trato urinário inferior) ou não monossintomática (associada a outros sintomas do trato urinário inferior). A família deve ser orientada a realizar o diário miccional e o de noites secas para auxiliar na classificação da enurese e na determinação do plano terapêutico adequado para cada criança. O tratamento das crianças enuréticas deve sempre envolver a uroterapia associada a outras intervenções. O uso do alarme e desmopressina são considerados como o tratamento de primeira linha. O objetivo deste artigo é revisar o manejo da enurese primária monossintomática. O manejo da enurese deve ser realizado de maneira multiprofissional e individualizado. O envolvimento da família e o interesse da criança são fundamentais para o sucesso terapêutico.

Palavras-chave Enurese. Uroterapia. Terapia com Alarme. Desamino Arginina Vasopressina.

Enuresis is defined as involuntary night-time bedwetting after the age of 5 years old. Affects 10% to 15% of 6-year-old children and decreases over the years. Without treatment, resolution rate is 15% per year. Enuresis pathophysiology is complex, multifactorial and involve genetic, physiological and psychological factors. It causes intense psychological distress for the child and his family with impairments in social relationship, school and emotional development. Anamnesis and physical examination are fundamental for classifying the type of enuresis: monosymptomatic (when there are no other symptoms of the lower urinary tract) or non-monosymptomatic (associated with any diurnal symptoms of the lower urinary tract). Family should be instructed to perform the voiding and the dry night's diaries to assist in the enuresis classification and determination of the appropriate and individualized therapeutic plan for each child. Enuretic children treatment should always involve urotherapy associated with other interventions. Alarm system and desmopressin are considered the first line of treatment. The purpose of this paper is to review the management of monosymptomatic primary enuresis. Enuresis management should be performed in a multiprofessional and individualized way. Family involvement and child interest are critical to therapeutic success.

Keywords Enuresis. Urotherapy. Alarm Therapy. Deamino Arginine Vasopressin

9 - Manejo dos principais distúrbios do sono em pediatria

Management of the main sleep disturbances in pediatric population

Ana Elisa Ribeiro Fernandes; Cristiane Fumo dos Santos

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S62-S67

Os distúrbios do sono são a quarta queixa mais comum nos consultórios pediátricos. Um sono de quantidade ou qualidade inadequados pode comprometer o desenvolvimento físico, cognitivo, emocional, neurocomportamental e social da criança, além de prejudicar o sono e a dinâmica de toda a família. é fundamental que o pediatra saiba diagnosticar, tratar ou encaminhar uma criança com distúrbio de sono. Porém a formação em medicina do sono na graduação e na residência, não só Brasil, ainda é insuficiente. O objetivo deste artigo é relatar o manejo dos principais distúrbios de sono a serem reconhecidos pelo pediatra.

Palavras-chave Distúrbios do Sono na Infância. Distúrbios do Início e Manutenção do Sono. Apneia Obstutiva do Sono. Distúrbios do Sono por Sonolência Excessiva. Parassonias. Distúrbios do Movimento relacionado ao Sono. Distúrbio do Ritmo Circadiano.

Sleep disorders are the fourth most common complaint in Pediatric clinics. Inadequate quantity or quality of sleep compromises a child´s growth and cognitive, emotional, neurobehavioral and social development. In addition they can impair sleep and the dynamics of the whole family. It is essential that pediatricians know how to diagnose, treat or refer a child with a sleep disorder. However, training in Sleep Medicine at university and residency is still insufficient, not only in Brazil but also worldwide. The aim of this article is to report on the management of the main sleep disorders in order to be recognized by pediatricians.

Keywords Sleep Initiation and Maintenance Disorders. Sleep Apnea Syndromes. Sleep. Child. Narcolepsy. Parasomnias. Sleep Disorders Circadian Rhythm, Restless Legs Syndrome.

10 - Método Baby Led Weaning (BLW): O que a abordagem apresenta de novo?

Baby Led Weaning Method: What is the approach new to?

Amanda Mendes de Souza; Gabriela Santos Alves Pereira; Richele Nayara Evangelista de Oliveira; Gabriela Araújo Costa; Mariana Ribeiro de Almeida Lana

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S68-S73

OBJETIVO: Este estudo propõe-se fazer uma revisão sistemática sobre as constatações científicas presentes na literatura referentes ao método BLW no âmbito da alimentação complementar, no intuito de estabelecer um corpo de conhecimento abrangente sobre o tema.
MÉTODOS: Revisão integrativa utilizando como base de dados: Cochrane Database of Systematic Review, PubMed; EBSCO; e os sites da Sociedade Mineira e Brasileira de Pediatria; BVS - Biblioteca Virtual em Saúde; Scielo, no período entre 2014 a junho de 2019. Critérios de inclusão: estudos originais, disponibilizados em inglês, provenientes de pesquisas qualitativas e quantitativas. Critérios de exclusão: estudos realizados antes de 2014, publicados em outros idiomas, artigos que não tratem predominantemente do assunto pretendido.
RESULTADOS: Das 81 referências identificadas, após a leitura por três pesquisadoras independentes foram selecionados 28 artigos que preenchiam os critérios inicialmente propostos e que foram lidos na íntegra.
CONCLUSÕES: A abordagem pelo método BLW é uma alternativa de alimentação complementar recente. Apesar das vantagens e desvantagens do método não estarem esclarecidas na literatura científica, os recentes estudos que ampliam o escopo de evidências sugerem que a abordagem BLW pode ser segura e complementar à tradicional estratégia de introdução alimentar.

Palavras-chave Baby Led Weaning. Nutrição infantil e desmame.

OBJECTIVE: This study aims to make a systematic review of the scientific findings in the literature regarding the BLW method in the context of complementary feeding, in order to establish a comprehensive body of knowledge on the subject.
METHODS: Integrative review using as database: Cochrane Database of Systematic Review, PubMed; EBSCO; and the websites of the Mining and Brazilian Society of Pediatrics; VHL - Virtual Health Library; Scielo, from 2014 to June 2019. Inclusion criteria: original studies, available in English, from qualitative and quantitative research. Exclusion criteria: studies conducted before 2014, published in other languages, articles that do not predominantly address the intended subject.
RESULTS: From the 81 references identified, after reading by three independent researchers 28 articles were selected that met the initially proposed criteria and were read in full.
CONCLUSIONS: The BLW approach is a recent complementary feeding alternative. Although the advantages and disadvantages of the method are unclear in the scientific literature, recent studies that broaden the scope of evidence suggest that the BLW approach may be safe and complementary to the traditional food introduction strategy.

Keywords Baby Led Weaning. Child Nutrition and Weaning.

11 - Atualização em poliomielite

Update on polyomylitis

Bárbara Silveira; Aline de Almeida Bentes; Maria Clara Vasconcelos Andrade; Andrea Lucchesi de Carvalho; Lilian Martins Oliveira Diniz; Roberta Maia de Castro Romanelli

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S74-S79

A poliomielite é uma doença causada pelo Poliovirus da família Piconarvirus. O vírus tem neurotropismo e manifesta-se como síndrome gripal e/ou entérica, além de formas meníngeas e plégicas. O número de casos da doença reduziu drasticamente em todo o mundo após a introdução da vacina na década de 50. Embora o Brasil tenha recebido o certificado da erradicação da doença em 1989, a globalização, surtos da doença em outros países e a redução da cobertura vacinal tornam eminente o risco da recrudescência da doença.

Palavras-chave Poliomielite. Imunização. Prevenção & Controle. Epidemiologia.

Polio is a disease caused by the Poliovirus family Piconarvirus. The virus has neurotropism and manifests itself as flu and / or enteric syndrome, as well as meningeal and plagic forms. The number of cases of the disease declined dramatically around the world after the introduction of the vaccine in the 1950s. Although Brazil received the certificate of eradication of the disease in 1989, globalization and outbreaks of the disease in other countries and the reduction of coverage vaccines make the risk of eminent recrudescence of the disease.

Keywords Poliomyelitis; Immunization; Prevention & Control; Epidemiology.

ATUALIZAÇÃO TERAPÊUTICA

12 - Sarampo: atualizações e reemergência

Measles: update and reemergence

Andrea Lucchesi de Carvalho; Alexandre Dorabela; Júlia Gomes Andrade; Lilian Martins Oliveira Diniz; Roberta Maia de Castro Romanelli

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S80-S85

O sarampo é uma doença provocada por um RNA vírus do gênero Morbillivirus, que foi erradicada no Brasil em 2016. No entanto, novos casos têm sido notificados em toda América do Sul. A reemergência da doença levanta a preocupação com a vigilância e com necessidade de ampliação da cobertura vacinal. Este artigo trata das atualizações mais recentes em relação à abordagem da doença no suporte terapêutico, na vigilância epidemiológica e no incentivo a vacinação como principal forma de prevenção.

Palavras-chave Sarampo. Febre exantemática. Reemergência. Prevenção. Diagnósticos diferenciais. Abordagem.

Measles is a disease caused by an RNA virus from the genus Morbillivirus, that was eradicated from Brazil in 2016. However, new cases have been reported throughout South America. The disease reemergence rise the concern about cases surveillance and vaccine coverage improvement, the complications and the prevention. This article deals with the most recent updates regarding the approach of the disease in the therapeutic support, the epidemiological surveillance and the incentive to vaccination as the main form of prevention.

Keywords Exanthematic fever. Reemergence. Prevention. Differential diagnosis. Approach.

13 - Saúde bucal na infância e adolescência

Julio Carlos Noronha; Hayder Egg Gomes; Carolina Morsani Mordente; Bernardo Quiroga Souki

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S86-S90

O alcance de um bom estado de saúde bucal de indivíduos em fase de crescimento é resultado de uma ação conjunta de bons hábitos dos mesmos e/ou responsáveis, e doenvolvimento familiar com o suporte paralelo oferecido por profissionais treinados a diagnosticar e implementar medidas preventivas de baixo grau de complexidade. Esta combinação traz o máximo de eficácia e eficiência para a manutenção de um bom estado de saúde bucal. A correta orientação aos pacientes, pelos profissionais da área de Saúde, contribui para a qualidade de vida de pacientes e familiares. Objetiva-se, com este artigo, atualizar todos aqueles que cuidam de bebês, crianças e adolescentes nos conceitos atuais sobre as principais condições que afetam a saúde bucal nas fases de dentaduras decídua e mista (dentes de leite, e fase de troca de dentes, respectivamente), como a cárie dentária, gengivite, más oclusões e bruxismo.

Palavras-chave Cárie Dentária. Gengivite. Má Oclusão. Saúde Bucal. Prevenção de Doenças.

Achieving good oral health of growing patients is the result of joint action of the positive habits by the patients and the family involvement with the parallel support offered by trained professionals to diagnose and implement preventive measures of low complexity. This scenario brings maximum effectiveness and efficiency in the health care providers contributes to the quality of life of patients and their families. The aim of this article is to update the Pediatricians on current concepts about the main conditions that affect the oral health of children in the deciduous and mixed dentition phases, as dental caries, gingivitis, malocclusions and bruxism.

Keywords Dental Caries. Gingivitis. Malocclusion. Oral Health. Disease Prevention.

RELATO DE CASOS

14 - Manifestações neurológias atípicas associadas à infecção pelo vírus da dengue

Camila Cristiane Silva Camelo; Clara Gontijo Camelo; Raquel Machado Soares; Karina Soares Loutfi

Rev Med Minas Gerais 2019; 29(Suppl.13):S91-S97

Dengue é a arbovirose mais prevalente no mundo. Relatos de manifestações neurológicas aumentaram nos últimos anos com o conhecimento de que o vírus pode acometer o sistema neurológico de forma direta por meio de invasão viral ou indireta, com reações imunomediadas. Relatamos aqui dois casos de manifestações neurológicas raras associada à infecção por Dengue em pediatria: um Acidente Vascular Cerebral secundário a Vasculite por Dengue e uma Mielite por Dengue com alteração de imagem com padrão poliomielite-like. Apresentamos ainda revisão de literatura quanto às manifestações neurológicas da dengue.

Palavras-chave Dengue. Manifestações Neurológicas. Poliomielite. Mielite. Vasculite. Acidente Vascular Cerebral.

Dengue is the most prevalent arbovirose in the world. Publications about neurological manisfetations increased in the last years with the evidence that the virus can affect neurological system through direct or indirect viral invasion, with immunemediated reactions. We report here two cases of rare neurological manifestations associated with Dengue infection in pediátrics: a Cerebral Vascular Accident due to Dengue Vasculitis and a Dengue Myelitis with poliomyelitis- like pattern alterations. We also present here a literatura review on the neurological manifestations of Dengue.

Keywords Dengue. Neurological manifestations. Poliomyelitis . Myelitis. Vasculitis Stroke.