RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Volume: 30. (Suppl.2)

PDF Completo

 

Suplemento do III Congresso Acadêmico de Oftalmologia de Minas Gerais

1 - Editorial

Larissa Lima Magalhães; Roberto Ferreira de Almeida Araújo

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.2):2-3, Mai, 2020

Relato de Caso

2 - Cicatrização por segunda intenção como alternativa terapêutica para blebite grave

Júlia Carvalho Barbosa; Senice Alvarenga Rodrigues Silva; Larissa Lima Magalhães; Bruna Penna Guerra Lages; Ruth Lobo Custódio Maia; Roberto Ferreira de Almeida Araújo; Leonardo Santos Resende; Isadora Vieira Menicucci Ferri; Maria Fernanda Botelho Teixeira; Matheus Santos Mazine Viviani; Mauro César Gobira Guimarães Filho

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.2):8-10, Mai, 2020

As infecções relacionadas à ampola filtrante da cirurgia de trabeculectomia podem ser divididas em dois subgrupos: formas localizadas de infiltrado mucopurulento limitadas a ela (blebite) ou uma infecção que envolve todo o olho (endoftalmite). Neste último caso, podemos observar hipópio e células no vítreo anterior. De etiologia ainda pouco definida, sabe-se que o uso de antimetabólitos como a mitomicina aumenta o risco de formação de bolha cística avascular mais susceptível à infecção. Embora não haja consenso sobre o manejo da blebite, sugere-se o início imediato da antibioticoterapia e o monitoramento diário. As intervenções cirúrgicas geralmente consistem na remoção do tecido não saudável, seguido de avanço conjuntival ou falha intencional da ampola seguida do implante de um tubo. O objetivo deste estudo é relatar uma abordagem cirúrgica incomum em um caso de blebite grave. Não foram encontrados dados na literatura de Oftalmologia que pudessem sugerir um manejo expectante mantendo uma esclera exposta, sem prejuízo do desfecho final da cirurgia fistulizante.

Palavras-chave Blebite. Trabeculectomia. Glaucoma.

Infections related to the filtering ampoule of trabeculectomy surgery can be divided into two subgroups: localized forms of mucopurulent infiltrate limited to it (blebitis) or an infection involving the entire eye (endophthalmitis). In the second case we can observe hypopyon and cells in the anterior vitreous. Of a still poorly defined etiology, the use of antimetabolites, such as mitomycin, is known to increase the risk of creating an avascular cystic bleb more susceptible to infection. Although there is no consensus on blebitis management, it is suggested to start antibiotic therapy immediately and monitor it daily. Surgical interventions usually consist of removing the unhealthy tissue followed by conjunctival advancement or intentional failure of the ampulla followed by tube implantation. The aim of this study is to report an unusual surgical approach in a severe blebitis case. No data were found in the Ophthalmology literature that could suggest an expectant management maintaining an exposed sclera without any prejudice to the final outcome of the fistulizing surgery.

Keywords Blebitis, Trabeculectomy, Glaucoma.

Artigo de Revisao

3 - Degeneração macular relacionada à idade: o potencial terapêutico das células-tronco

Age-related macular degeneration: the therapeutic potential of stem cells

Adhara de Queiroz Muradas; Juliana Vieira Figueiredo Urbano; Pablo Sousa de Oliveira; Senice Alvarenga Rodrigues Silva

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.2):11-14, Mai, 2020

Introdução: A degeneração macular relacionada à idade (DMRI) é uma patologia ocular crônico-degenerativa com perda progressiva e irreversível da visão central. Os avanços no campo da pesquisa das células-tronco têm voltado suas atenções para a aplicação da terapia celular com o intuito de regenerar tecidos oculares que são danificados por essa doença. A DMRI exsudativa possui terapia com anti-fator de crescimento endotelial vascular, e a DMRI seca ou atrófica, não possui terapia aprovada disponível. Objetivo: Avaliar o potencial terapêutico do uso de células-tronco no tratamento de DMRI seca por meio de estudos que demonstraram a segurança e eficácia de experimentos cominjeções intravítreas de fração mononuclear da medula óssea contendo células CD34+. Métodos: Revisão da literatura em artigos entre 2009 e 2017, usando como base os bancos de dados Scielo, PubMed e Lilacs. Resultado: Estudos evidenciaram que o uso de injeções intravítreas de fração mononuclear da medula óssea contendo células-tronco CD34+ está associado com melhora significativa da acuidade visual e do limiar de sensibilidade macular. Ademais, a ausência de crescimento tumoral, desenvolvimento de neovascularização coroidal, a não associação com inflamação significativa e o não comprometimento da função visual demonstrou a segurança da utilização da terapia. Conclusão: Os avanços nos estudos demonstraram que o uso da terapia celular na DMRI atrófica acarreta melhora da visão, proporcionando melhor qualidade de vida. Por isso, verifica-se a necessidade do investimento em novas pesquisas para ampliar os testes e confirmar se esta abordagem de tratamento será realmente eficaz e bem tolerada.

Palavras-chave Degeneração macular. Células-tronco. Tratamento. Atrofia geográfica. Retina.

Introduction: Age-related macular degeneration (AMD) is a chronic degenerative eye condition with progressive and irreversible loss of central vision. Advances in the field of stem cell research have focused on the application of cell therapy in order to regenerate eye tissues that are damaged by this disease. Exudative AMD has anti-vascular endothelial growth factor therapy, and dry or atrophic AMD has no approved therapy available. Objective: To evaluate the therapeutic potential of stem cell use in the treatment of dry AMD through studies demonstrating the safety and efficacy of experiments with intravitreal injections of mononuclear bone marrow fraction containing CD34 + cells. Methods: Literature review in articles between 2009 and 2017, using as basis the databases Scielo, PubMed and Lilacs. Results: Studies have shown that the use of intravitreal injections of mononuclear bone marrow fraction containing CD34 + stem cells is associated with significant improvement in visual acuity and macular sensitivity threshold. In addition, the absence of tumor growth, development of choroidal neovascularization, non-association with significant inflammation and non-impairment of visual function demonstrated the safety of therapy use. Conclusion: Advances in studies have shown that the use of cell therapy in atrophic AMD causes improved vision, providing better quality of life. Therefore, it is necessary to invest in new research to expand the tests and confirm if this treatment approach will be really effective and well tolerated.

Keywords Macular degeneration. Stem cells. Treatment. Geographic atrophy. Retina.

Relato de Caso

4 - Importância do raciocínio etiológico e topográfico de lesões: relato de neuropatia óptica traumática conduzida como acidente vascular cerebral

Importance of etiological and topographic injury reactions: report of a traumatic optic neuropathy conducted as a cerebrovascular accident

Senice Alvarenga Rodrigues Silva; Luciana Moreira Soares; Mariana de Oliveira Azevedo; Pedro Henrique Gomes Pena

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.2):15-17, Mai, 2020

Introdução: O trauma ocular ou periocular pode afetar o nervo óptico e causar baixa acuidade visual ou alteração de campo visual. Essa lesão, denominada neuropatia óptica, quando de etiologia traumática, pode ser classificada como direta, através da compressão, perfuração ou laceração do nervo óptico por ação de corpos estranhos, fraturas do assoalho da órbita ou hemorragias, e indireta, quando a partir de um trauma externo ao globo ocular há lesão por transmissão da onda de choque ou desaceleração, levando à lesão do nervo óptico pelo estiramento de suas fibras ou edema comprometendo sua vascularização, comum nos acidentes automobilísticos e nas quedas. Descrição do Caso: O presente estudo objetiva relatar um caso de neuropatia óptica traumática conduzida erroneamente como acidente vascular cerebral em uma paciente do sexo feminino de 29 anos, com história de queda da própria altura. Discussão: A investigação feita pela história clínica, evolução do quadro e novos achados fundoscópicos permitiu o diagnóstico correto e melhor orientação da paciente. Conclusão: O conhecimento da neuropatia óptica traumática e da anatomia da via óptica têm extrema importância no raciocínio topográfico e etiológico das lesões traumáticas que cursam com comprometimento visual, poupando o paciente de possíveis intervenções invasivas e desnecessárias.

Palavras-chave Traumatismos do Nervo Óptico. Neuropatia Óptica. Acuidade Visual. Acidente Vascular Cerebral

Introduction: Eye or periocular trauma can affect the optic nerve and cause low visual acuity or visual field alteration. This lesion, called optic neuropathy, when of traumatic etiology, can be classified as direct, through compression, perforation or laceration of the optic nerve by action of foreign bodies, fractures of the orbit floor or hemorrhages, and indirect, when from an external trauma to the eyeball there is injury by transmission of the shock wave or deceleration, leading to optic nerve injury by stretching its fibers or edema compromising its vascularization, common in automobile accidents and falls. Case Report: The present study aims to describe a case of traumatic optic neuropathy mistakenly conducted as a stroke in a 29-yearold female patient with a history of falling from his own height. Discussion: The investigation was possible because of the clinical history, evolution of the condition and new fundoscopic findings that allowed the correct diagnosis and better orientation of the patient. Conclusion: Knowledge of traumatic optic neuropathy and anatomy of the optical pathway have extreme importance in the topographic and etiological reasoning of traumatic lesions that present with visual impairment, saving the patient from possible interventions invasive and unnecessary.

Keywords Optic Nerve Injuries. Optic Nerve Diseases. Visual Acuity. Stroke.

5 - Maculopatia solar após o uso de LSD: relato de caso

Solar maculopathy after LSD use: a case report

Maria Luisa Junqueira; Carolina Corrêa Brandão de Abreu; Carolina Andrade Lopes; Bruna Irrthum Oliveira, Juliana Reis Guimarães

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.2):18-21, Mai, 2020

Introdução: A maculopatia ou retinopatia solar é uma lesão foto-traumática da mácula causada pela observação direta ou indireta de fontes luminosas intensas, que ocorre comumente na presença de distúrbios psíquicos ou após o uso de drogas recreativas. O prognóstico visual varia e a conduta é expectante. Descrição do caso: Paciente V.V.A.M., sexo masculino, 20 anos, estudante, com queixa de escotoma central em ambos os olhos. Nega antecedentes patológicos e oculares. Solicitaram-se tomografia de coerência óptica (OCT) e retinografia, que revelaram uma lesão central, bilateral e simétrica na retina externa. Paciente relatou ter feito uso de Dietilamida de ácido lisérgico (LSD) e, sob influência da droga, ter olhado de forma direta para o sol por aproximadamente 40 minutos. Discussão: O prognóstico da retinopatia solar é variável e relaciona-se com o tempo de exposição e com o comprimento da onda da fonte de luz. A etiopatogênese é explicada pelo dano causado ao epitélio pigmentar da retina (EPR) pela radiação. Conclusões: Deve haver maior orientação ao público sobre os possíveis efeitos danosos de exposição a fontes de luz de origens diversas. Além disso, destaca-se a importância do OCT para a identificação da maculopatia solar.

Palavras-chave Maculopatia solar. Escotoma. Dietilamida do Ácido Lisérgico. Danos Solares. Fototoxicidade. Tomografia de Coerência Óptica.

Introduction: Solar maculopathy or retinopathy is photo-traumatic damage created on the macula, caused by direct or indirect observation of intense light sources, commonly occurring in the presence of psychic disorders or after the use of recreational drugs. The visual prognosis varies. There is currently no known treatment. Case report: A 20-year-old male with no previous complaints reported central scotoma in both eyes despite 20/20 uncorrected vision. Bilateral, symmetric, central changes could be seen in the macula in fundoscopy. Optical coherence tomography (OCT) confirmed loss of the external retina suggestive of Solar Maculopathy. The patient later claimed to have spent 40 minutes looking directly into the sun after use of Lysergic Acid Diethylamide (LSD). Discussion: The prognosis of solar retinopathy is related to the exposure time and to the wavelength of the light source, with those between 300-350 nm being the most harmful. Its etiopathogenesis is explained by damage caused to the retinal pigment epithelium (EPR) caused by radiation, interrupting the interdigitations between this layer and the external segment of the photoreceptors. Ophthalmoscopically, solar maculopathy is characterized by a small foveolar lesion that might become yellowish in the days following exposure, in the form of exudate or edema, followed by loss of foveal reflex and thinning of the fovea. The initial yellowed lesions are subsequently replaced by a spotted EPR or even by a lamellar orifice. Conclusions: There should be public guidance on the possible harmful effects of exposure to sources of light from diverse origins, as it usually occurs during solar eclipses, after exposure to certain types of lasers or observation of fires since this habit can cause severe and sometimes irreversible visual loss.

Keywords Solar maculopathy. Scotoma. Lysergic Acid Diethylamide. Solar damage. Phototoxicity. Optical Coherence Tomography.

6 - Uso da toxina botulínica na permanência de epífora após dacriocistorrinostomias

Use of botulinic toxin in epiphora not solved by dacryocystrhinostomies

Roberto Ferreira de Almeida Araújo; Leonardo Santos Resende; Arthur Moreira de Freitas; Isabella Cristina Tristão Pinto; Rafael Palucci Calil; Daniel Bodour Danielian Filho; Rafaela de Morais Miranda; Rogério Eustáquio Barbosa II; Ana Luísa Rodrigues da Silveira; Luiz Ivan Cardoso Braz; Larissa Lima Magalhães; Aymara Janaína Soares Fernandes

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.2):22-25, Mai, 2020

Introdução: A Toxina Botulínica (TB) possui importantes aplicabilidades no tratamento de doenças oftalmológicas. Este trabalho apresenta a aplicação da TB no manejo da epífora, relacionada à obstrução baixa das vias de drenagem lacrimal, refratária à duas dacriocistorrinostomias (DCR). Descrição do caso: Paciente de 70 anos, sexo feminino, comparece ao serviço com queixa de epífora em ambos os olhos (AO) e histórico de dacriocistite aguda. Submetida à sondagem de vias lacrimais (AO), que sugeriu diagnóstico de obstrução baixa de vias lacrimais, e a duas DCR, em cada olho, ambas com resultado precário no controle da epífora. Foi então, realizada aplicação de TB em glândulas lacrimais em AO, com resultado satisfatório e remissão das queixas da paciente. Discussão: A aplicação da TB na glândula lacrimal gera inibição da excreção do conteúdo lacrimal e, consequente, redução dos efeitos da disfunção na drenagem causada pela obstrução baixa de vias lacrimais. Configura-se, portanto, como uma opção terapêutica relevante para o tratamento da epífora - principalmente para casos refratários ao tratamento cirúrgico convencional. O tratamento cirúrgico para epífora apresenta taxas de sucesso variando de 58-68%, já a aplicação de TB apresenta eficácia de 86%. Conclusão: O uso da TB em oftalmologia possui resultados promissores no tratamento de inúmeras doenças, como no caso relatado. Contudo, novos estudos são fundamentais para a definição de protocolos de utilização dessa droga, visando a otimizar sua eficácia e sua segurança para cada condição clínica.

Resumos

7 - Resumos

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.2):26-38, Mai, 2020