RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Volume: 30. (Suppl.4) DOI: http://www.dx.doi.org/ 10.5935/2238-3182.v30supl.4

PDF Completo

 

Editorial

1 - Editorial

Editorial

Marco Aurélio Bernardes de Carvalho

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.4):2, Set, 2020

Artigo Original

2 - Alexitimia e adesão ao tratamento anti-hipertensivo

Alexithymia and adherence to antihypertensive treatment

Lígia Melo Vidal; Jéssica Vieira Freire Fonseca; Jonathan Adriano Silva Porto; Lucas Leopoldino Resende de Oliveira; Renata Diniz Oliveira Campos; Carlos Eduardo Leal Vidal

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.4):5-10, Set, 2020

Objetivo. Verificar a relação entre a adesão ao tratamento anti-hipertensivo e a presença de alexitimia. Métodos. Estudo transversal, realizado com hipertensos do município de Barbacena - Minas Gerais. Foram empregadas duas escalas: Escala de Adesão ao Tratamento Anti-hipertensivo e Escala de Alexitimia de Toronto. Foram utilizados o teste de quiquadrado e o teste t de Student. A correlação entre as duas escalas foi verificada por meio do Coeficiente de correlação de Spearman. O nível de significância adotado foi de 5%. Resultados. A amostra foi composta majoritariamente por indivíduos do sexo feminino (68,2%), casados (64,6%), com pouca escolaridade (82%) e renda média baixa. Quase a metade dos participantes (46,4%) apresentou escores indicativos da presença de alexitimia. Não foi observada correlação estatisticamente significativa entre adesão ao tratamento da hipertensão arterial e a presença de alexitimia. No entanto, baixa adesão e escores elevados sugestivos de alexitimia foram mais observados em indivíduos com baixa escolaridade e baixa renda. Conclusão. Apesar de não ter sido encontrada correlação entre as duas condições pesquisadas, verificou-se prevalência elevada de alexitimia na amostra estudada, sugerindo a realização de estudos prospectivos com maior tamanho amostral para determinar, de forma mais robusta, a existência de tal relação.

Palavras-chave Hipertensão. Sintomas afetivos. Cooperação e adesão ao tratamento. Saúde pública.

Objective. To verify the relationship between adherence to antihypertensive treatment and the presence of alexithymia. Methods. Cross-sectional study, conducted with hypertensive in the city of Barbacena - Minas Gerais. Two scales were used, the Antihypertensive Treatment Adherence Scale (QATHAS) and the Toronto Alexithymia Scale (TAS). The existence of the relationship between the variables studied was assessed by the chi-square test and the Student t test. To verify the correlation between the two scales, the Spearman correlation coefficient was used. The adopted significance level was 5%. Results.The sample consisted mainly of females (68.2%), married (64.6%), low education (82%) and low average income. Almost half of the participants (46.4%) had scores indicating the presence of alexithymia. Only 5.1% of the individuals assessed me't the criteria of high adherence to hypertension treatment. No statistically significant correlation was observed between adherence to hypertension treatment and the presence of alexithymia. However, low adherence and high scores suggestive of alexithymia were more observed in individuals with low education and low income. Conclusion. Although no correlation was found between the two conditions surveyed, there was a high prevalence of alexithymia in the study sample, suggesting that prospective studies with a larger sample size should be conducted to more robustly determine the existence of such relation.

Keywords Hypertension. Affective Symptoms. Treatment Adherence and Compliance. Public Health.

3 - Perfil sócio demográfico e clínico de pacientes com Câncer Gástrico atendidos em um hospital de referência no interior de Minas Gerais

Socio-demographic and clinical profile of Gastric Cancer patients attended at a reference hospital in the interior of Minas Gerais

Barbara Catão Ferreira De Morais; Bernardo Tavares Resende; Carlos Eduardo Zotin Lopes; Maria Fernanda Lopes Diniz; Renata Gouvêa Hollunder; Priscilla Brunelli Pujatti; Antônio José Fonseca de Paula

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.4):11-16, Set, 2020

Introdução: O câncer gástrico é uma doença multifatorial de grande incidência no Brasil e de índices de mortalidade alarmantes. Por esse motivo, são essenciais as investigações epidemiológicas ao seu respeito para a definição da profilaxia adequada e do rastreio eficaz da doença. Associado a isso, a maior parte dos diagnósticos são feitos em fases avançadas da doença e sabe-se que as taxas de sobrevida em 5 anos são maiores em pacientes nos estágios iniciais. Objetivo: O presente estudo teve como objetivo caracterizar o perfil sócioepidemiográfico dos pacientes com câncer gástrico tratados na região ampliada de saúde do centro sul de Minas Gerais. Métodos: Foi conduzido um estudo de coorte retrospectivo a partir da análise de 456 prontuários de pacientes diagnosticados com câncer gástrico no Hospital Ibiapaba CEBAMS, em Barbacena, MG, no período de 2000 a 2017. Resultados: Os pacientes eram em sua maioria do sexo masculino (73,90%), acima dos 60 anos de idade (68,20%), leucodermos (63,52%), baixo nível educacional (74,19%), com relato de exposição prévia ao tabagismo (55,27%) e não etilistas (61,71%). O tipo histológico mais comum foi o Adenocarcinoma do tipo intestinal de Lauren (49,50%) e o estadiamento mais diagnosticado foi o estágio IV (40,80%). Conclusão: Dessa forma, foi ressaltada no estudo a importância da investigação da neoplasia gástrica na atenção primária, especialmente em pacientes com característica descritas nesse perfil e/ou com outras já descritas pela literatura.

Palavras-chave Neoplasias Gástricas. Perfil. Epidemiologia.

Introduction: Gastric cancer (GC) is a multifactorial disease of high incidence in Brazil and with alarming mortality rates. For this reason, epidemiological investigations are essential for prophylaxis and effective screening of the disease. In addition, most diagnoses are in advanced stages of the disease and it is known that 5-year survival rates are higher in patients in the early stages. Objectives: The present study aimed to characterize the socio demographic profile of gastric cancer patients treated in the South Center health region of Minas Gerais. Methods: The authors ran a retrospective cohort study based on the analysis of 456 medical records of patients diagnosed with CG at the Ibiapaba CEBAMS Hospital, Barbacena, MG, from 2000 to 2017. Results: The patients were mostly males (73.90 %), above 60 years of age (68.20%), self-identified as white skin (63.52%), low educational level (74.19%), with previous exposure to smoking (55.27%) and non-alcoholic (61.71%). The most common histological type was intestinal adenocarcinoma (49.50%) and the most diagnosed stage was stage IV (40.80%). Conclusion: Accordingly, the study emphasized the importance of primary care investigation of the GC, especially in patients with the described profile or others risk factors already described in the literature.

Keywords Stomach Neoplasms. Profile. Epidemiology.

4 - Depressão e adesão ao tratamento no Diabetes Mellitus tipo 2

Depression and Treatment Adherence in Type 2 Diabetes Mellitus

Paula Amália Carvalho Borges Andrade; Layla Said Rezende; Luana Carolina Silva; Rafaela Scalia Fernandes; Ricardo Della Vedova Albuquerque; Vinicius Siqueira dos Santos; Carlos Eduardo Leal Vidal

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.4):17-24, Set, 2020

Introdução. O Diabetes Mellitus Tipo 2 possui elevada prevalência no Brasil. Muitos diabéticos apresentam depressão comórbida, e sua presença parece relacionar-se com piora clínica e interferir na adesão ao tratamento da patologia de base. A provável associação das doenças e consequente pior adesão à terapêutica instituída, justifica o empenho para identificar e tratar as duas variáveis em concomitância. Objetivo. Esse estudo visa verificar a possível relação entre sintomas depressivos e aderência à terapêutica instituída no diabetes. Métodos. Estudo transversal realizado no ambulatório de endocrinologia do Hospital Escola da Faculdade de Medicina de Barbacena e desenvolvido com uma amostra de 134 pacientes. Instrumentos: Inventário de Depressão de Beck (BDI) e Questionário de Atividades de Autocuidado com o Diabetes (QAD). Resultados. Quando comparados o grupo de pacientes classificados sem depressão ou com depressão leve com o de pacientes com depressão moderada ou grave, verificou-se significância estatística nas variáveis de autocuidado com alimentação e realização de atividades físicas, nas quais as menores médias de dias semanais seguindo recomendação associaram-se ao segundo grupo. Por meio do teste de Spearman entre os escores do BDI e a escala QAD, observa-se que quanto maior os escores da escala de depressão, menor o autocuidado. Os maiores escores no BDI foram associados à menor adesão nas variáveis: sexo feminino, indivíduos < 60 anos, casados, hipertensos e naqueles com menos de cinco anos de diagnóstico. Conclusão. Fica evidente a necessidade de uma intervenção psiquiátrica adequada nos que refiram queixas depressivas, principalmente quando associadas a um controle metabólico inadequado.

Palavras-chave Diabetes Mellitus Tipo 2. Depressão. Cooperação e Adesão ao Tratamento. Autocuidado.

Introduction. Type 2 Diabetes Mellitus has a high prevalence in Brazil. Many diabetics have comorbid depression, and their presence seems to be related to clinical worsening and interfere with adherence to treatment of baseline pathology. The probable association of the diseases and the consequent worse adherence to the instituted therapy, justifies the effort to identify and treat the two variables concurrently. Objective. This study aims to verify the possible relationship between depressive symptoms and adherence to therapy instituted in diabetes. Methods. Cross-sectional study conducted at the endocrinology clinic at The Teaching Hospital of Barbacena Medical College and developed with a sample of 134 patients. Instruments. Beck Depression Inventory (BDI) and Diabetes Self-Management Questionnaire (DSMQ). Results. When comparing the group of patients classified without depression or mild depression with that of patients with moderate or severe depression, there was statistical significance in the variables of self-care with food and physical activity, in which the lowest averages of weekly days following recommendation were associated with the second group. Through the Spearman test between the BDI scores and the DSMQ scale, it is observed that the higher the scores on the depression scale, the lower the self-care. The highest BDI scores were associated with lower adherence to the variables: female gender, individuals <60 years, married, hypertensive and those with less than five years of diagnosis. Conclusion. The need for an appropriate psychiatric intervention is evident in those who report depressive complaints, especially when associated with inadequate metabolic control.

Keywords Diabetes Mellitus, Type 2. Depression. Treatment Adherence and Compliance. Self Care.

5 - Os Efeitos do Climatério na Pressão Arterial Sistêmica

The Effects of Climacteric on Systemic Blood Pressure

Izabelle Rezende de Assis; Laura Castanheira Machado; Letícia Braga Camargos; Sofia Brito Silva Gonçalves; Werlayne Adriana dos Santos Silva

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.4):25-32, Set, 2020

Introdução: Nas mulheres, o surgimento do quadro hipertensivo comumente está associado à chegada do climatério, fase em que apresentam uma redução da produção de estrógeno e aumento dos níveis de andrógenos. Nesse período, existe uma associação linear entre o aumento do peso e o aumento da pressão arterial sistólica (PAS), além de alterações no perfil de lipoproteínas, que resultam em um maior e risco para doenças cardiovasculares.Objetivos: Avaliar a influência do climatério sobre o controle da pressão arterial em mulheres hipertensas. Métodos:Estudo prospectivo observacional do tipo caso controle realizado com 224 mulheres hipertensas atendidas na cidade de Barbacena-MG entre os meses de janeiro a dezembro de 2018.Foram realizadas aferição da PAS e diastólica (PAD), coleta de sangue venoso para dosagens bioquímicas, anamnese completa e avaliações antropométricas. Resultados: Com base nas informações sobre a menstruação e os valores dosados de hormônio folículo estimulante, as participantes foram divididas em três grupos: menacme, pré-menopausa e pós-menopausa. As mulheres mostraram apropriada adesão ao tratamento farmacológico, o que influenciou nos parâmetros pressóricos observados. As classes de anti-hipertensivos mais utilizadas foram os diuréticos e bloqueadores do receptor de angiotensina II, apresentando baixa frequência de efeitos colaterais. Não foram encontradas diferenças quanto a circunferência abdominal e o índice de massa corporal entre os três grupos. Por outro lado, a PAD mostrou-se reduzida no grupo pós-menopausa.Conclusão: As mulheres na pós-menopausa mantiveram os valores pressóricos dentro da faixa recomendada, destacando a importância da adesão adequada ao tratamento anti-hipertensivo nessa fase da vida.

Palavras-chave Hipertensão. Menopausa. Obesidade.

Introduction: In women, the onset of hypertension is commonly associated with the climacteric, a phase in which they present a reduction in estrogen production and an increase in androgen levels. During this stage of life, there is a linear association between increased body weight and increased systolic blood pressure (SBP), in addition to changes in the lipoprotein profile, which result in greater risk for cardiovascular diseases. Objectives: To evaluate the influences of climacteric on blood pressure control in hypertensive women. Methods: A prospective observational case-control study was performed with 224 hypertensive women in the city of Barbacena-MG between January and December of 2018. A complete anamnesis was performed, women had their systolic (SBP) and diastolic blood pressure (DBP) measured and anthropometric assessments were realized. Blood sample was collected for biochemical dosages. Results: Based on information on menstruation and the level of follicle-stimulating hormone, participants were divided into three groups: menacme, premenopausal and postmenopausal. The women showed adequate adherence to the pharmacological treatment, influencing the pressure parameters evaluated. The most commonly used classes of antihypertensive agents were diuretics and angiotensin II receptor blockers, with a low frequency of side effects. No differences were found in waist circumference and body mass index between the three groups. Postmenopausal women had a higher cardiovascular risk despite reduced DBP. Conclusion: Postmenopausal women studied maintained their blood pressure values within the recommended range, emphasizing the importance of adequate adherence to the antihypertensive treatmentin this stage of life.

Keywords Hypertension. Menopause. Obesity.

6 - A intervenção precoce do paciente com síndrome coronariana aguda e sua implicação na redução da morbimortalidade cardiovascular

The early intervention of acute coronary disease and its implication in the reduction of cardiovascular morbimortality

Ana Cristina Heleno Silva Paiva; Fernanda Drumond Rabelo; Gabriela Faria Gomes; Isabella Orlc Figueiredo Melo; Natália Xavier Pinto e Farage; Tânia Maria Gonçalves Quintão Santana; Giancarlo Rabelo e Silva

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.4):33-40, Set, 2020

Introdução. O infarto agudo do miocárdio apresenta significativas taxas de morbimortalidade. A reperfusão precoce por angioplastia primária é a intervenção que reduz a mortalidade e as complicações, e deve ser iniciada em até 12 horas, a fim de impedir a perda muscular irreversível. O tempo entre chegada do paciente ao hospital e a abertura da artéria acometida, tempo porta-balão, determina a morbimortalidade do paciente. Objetivo. Esse estudo busca analisar o potencial benefício do tratamento da reperfusão coronariana precoce, os fatores de risco, as possíveis complicações e o Killip em pacientes que sofreram infarto agudo do miocárdio relacionando-os a sua morbimortalidade. Materiais e métodos. Estudo observacional transversal realizado por meio de coleta de dados dos prontuários dos pacientes submetidos a angioplastia primária de um hospital privado. Resultados. A hipertensão arterial sistêmica foi a variável mais prevalente (75%), e que houve predomínio no sexo masculino (71%) e associação com a progressão da idade. 61% dos pacientes apresentaram um tempo porta balão menor que 90 minutos. Houve significância estatística entre o tempo porta balão e a evolução do Killip, evidenciando um tempo porta-balão maior que 90 minutos na maioria dos pacientes que obtiveram aumento da pontuação do Killip. Conclusão. A precocidade da intervenção no paciente com IAM impacta na morbimortalidade, visto que o tempo porta balão está diretamente associado a evolução da do Killip. Logo, deve-se identificar os fatores que interferem no atendimento, a fim de proporcionar uma intervenção otimizada.

Palavras-chave Angioplastia primária. Infarto agudo do miocárdio. Tempo porta-balão.

Introduction. Acute myocardial infarction has significant rates of morbidity and mortality. Early reperfusion by primary angioplasty is the intervention that reduces mortality and complications, and should be started within 12 hours in order to prevent irreversible muscle loss. The time between the patient's arrival at the hospital and the opening of the affected artery, door-to-balloon time, determines the patient's morbidity and mortality. Objective. The proposition of this study is to analyze the potential benefits of early coronary reperfusion, associated with the risk factors, possible complications, and the Killip score in patients whit acute myocardial infarction (AMI) and the relation of those factors with the morbidity and mortality. Materials and methods. This is a transversal observational study and uses data collected of medical records of patients subjected to primary angioplasty in a private hospital. Results. Systemic arterial hypertension was the most prevalent one (75%), it was more common in males (71%) and associated with a higher age. In 61% of the patients port-balloon time was less than 90 minutes. There was statistical significance between port-balloon time and Killip score evaluation, that showed a higher score in patient with a port-balloon time that exceeded 90 minutes. Conclusion. Early intervention in patients with AMI impacts morbimortality, once that the port-balloon time is directly associated with the Killip score results. Therefore, all factors that can lead to a delay in their care of those patients should be identified with the objective of optimize the intervention.

Keywords Primary angioplasty. Acute myocardial infarction. Port-Balloon time.

7 - Fatores de risco materno-fetais para o nascimento pré-termo em hospital de referência de Minas Gerais

Maternal and fetal risk factors for preterm birth in a reference hospital in Minas Gerais

Letícia Dutra de Araújo Brandi; Leticya Ribeiro Rocha; Lísia Soares Silva; Luana Girasole Bretas; Marina Almeida Rodrigues; Sônia Torres Horta de Araújo

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.4):41-47, Set, 2020

Introdução. São considerados prematuros, os bebês nascidos antes de completar 37 semanas de gestação e, no Brasil, sua prevalência chega a aproximadamente 10%. A prematuridade pode comprometer a saúde do recém-nascido (RN) e levar a repercussões socioeconômicas. Portanto, é fundamental rastrear gestantes sob risco através de pré-natal adequado, a fim de afastá-las dessas condições ou minimizar suas implicações. Objetivos. Avaliar os principais fatores de risco maternos e fetais associados ao parto pré- termo em um hospital de referência em Barbacena. Métodos. Estudo transversal, retrospectivo, analítico, realizado no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Barbacena. Avaliou-se prontuários materno-fetais impressos, disponibilizados de todos os nascimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), em 2017. Foram analisados dados como: idade, profissão e patologias maternas; exames realizados durante gestação e informações do RN. Resultados. Dentre os 1278 prontuários, foram encontrados 177 prematuros. Verificou-se que diabetes mellitus (DM) ou diabetes mellitus gestacional (DMG), infecções do trato urinário (ITU), síndromes hipertensivas na gravidez, sífilis materna, gemelaridade e parto cesáreo foram estatisticamente relevantes como fatores de risco para prematuridade; e as gestantes trabalhadoras rurais tiveram menos partos prematuros de forma estatisticamente significativa quando comparadas às outras ocupações. Primiparidade e extremos de idade reprodutiva não foram significativos. Quanto aos RN, malformações e peso pequeno para a idade gestacional (PIG) também foram fatores de risco. Conclusões. Os principais fatores de risco maternos e fetais associados ao parto pré-termo na amostra foram DM, ITU, síndromes hipertensivas na gravidez, sífilis materna, gemelaridade, parto cesáreo, malformações fetais e PIG.

Palavras-chave Prematuridade. Gestação de risco. Pré-natal.

Introduction. Babies born before 37 weeks of gestation are considered premature and, in Brazil, their prevalence reaches approximately 10%. Prematurity can compromise the newborn's health and lead to socioeconomic repercussions. Therefore, it is essential to track pregnant women at risk through an adequate prenatal care, in order to remove them from these conditions or minimize their implications. Objective. To evaluate the main maternal and fetal risk factors associated with preterm birth in a reference hospital in Barbacena. Methods. A retrospective cross-sectional study, non-experimental made in Santa Casa de Misericórdia de Barbacena hospital. This study evaluated print medical records available of all births in Sistema Único de Saúde (SUS) in 2017. Some data were analyzed, such as: age, profession and maternal pathologies; examinations performed during pregnancy and information about the newborn. Results. The sample consisted of 1278 records of births, and there were 177 preterm births. It was checked that previous diabetes or gestational diabetes, urinary tract infections (UTI), pregnancy-induced hypertension, maternal syphilis, twinning and caesarean delivery were statistic relevant factors for prematurity; pregnant women who had a rural occupation had fewer premature deliveries in a statistically significant way than other occupations. First time pregnant women and those at extreme fertile age were not significant. About newborn data, malformations and small for gestational age (SGA) were risk factors for preterm birth. Conclusions. The main maternal and fetal risk factors associated with preterm birth on this study were diabetes, UTI, hypertension syndrome during pregnancy, maternal syphilis, twinning, caesarean delivery, malformations and SGA.

Keywords Prematurity. Risky pregnancy. Prenatal.

8 - Panorama atual do ensino da Patologia Clínica/Medicina Laboratorial nas escolas médicas do Brasil

Current overview of the teaching of Clinical Pathology/Laboratory Medicine in medical schools in Brazil

Arthur de Alvarenga Mafra Baptista Vaz; Arthur Hamacek de Carvalho; Gabriel Andrade de Araújo; José Hyde Augusto ZschaberAnacleto; Oswaldo Eugênio de Moura e Silva Filho; Rômulo Carvalho Vaz de Mello

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.4):48-52, Set, 2020

Introdução: Os testes laboratoriais exercem papel fundamental no atendimento médico de uma maneira geral há muitos anos. Além disso, o gasto com exames laboratoriais representa menos de 3% do custo total em saúde, tornando a relação custo-benefício altamente favorável ao uso dessa ferramenta. A despeito dessa enorme importância, a educação médica em relação a testes laboratoriais no Brasil ainda é incerta não existindo dados concretos sobre o ensino da Patologia Clínca/Medicina Laboratorial até a data do estudo (2019). Objetivo: Pretende-se traçar um panorama atual do ensino da Patologia Clínica/Medicina Laboratorial na graduação das escolas médicas do Brasil, comparando com o ensino da Patologia Geral. Materiais e métodos: Foi realizada uma pesquisa de levantamento ou um inquérito de dados das matrizes curriculares das escolas médicas do Brasil, por meio do acesso ao seu portal eletrônico. A relação de todas as instituições de ensino médico foi obtida junto ao site do Ministério da Educação no ano de 2019. Resultados: No Brasil há um predomínio de escolas privadas sobre públicas, sendo método de ensino tradicional (59%) mais comum em relação ao Problem-Based Learning (39%). Somente 23% das escolas médicas do Brasil possuem a disciplina de Patologia Clínica/ Medicina Laboratorial em suas matrizes curriculares. Em contrapartida, a Patologia Geral está presente em 57% das escolas. A região Centro-Oeste possui a menor prevalência (14,24%) quanto ao ensino de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, enquanto que a região Sudeste mostrou a maior prevalência (28,57%). Conclusão: Apenas 23% das escolas médicas no Brasil possuem o ensino da Patologia Clínica/Medicina Laboratorial em suas grades curriculares.

Palavras-chave Medicina Laboratorial. Ensino Médico. Patologia Clínica.

Introduction: Laboratory tests play, in general, a fundamental role in medical care for many years. In addition, the cost of laboratory tests represents less than 3% of the total spent on the health system, making the cost-benefit ratio highly favorable to its use. Despite this enormous importance, medical education regarding those tests in Brazil is still uncertain, with no concrete data about the teaching of Clinical Pathology/Laboratory Medicine found until the date of the study (2019). Objective: To draw a current overview of the teaching of Clinical Pathology/Laboratory Medicine in undergraduate medical schools in the country, comparing with the teaching of General Pathology. Materials and methods: A survey was conducted by a data collection from curricular matrices of medical schools in Brazil, by the access to their websites. The list of the medical education institutions was obtained by the website of the Ministério da Educação in 2019. Results: In Brazil there is a predominance of private over public schools, the traditional teaching method (59%) is more common in relation to Problem-Based Learning (39%). Only 23% of medical schools in Brazil have the subject of Clinical Pathology/Laboratory Medicine in their curriculum matrix. In contrast, General Pathology subject is present in 57% of the schools. The Midwest region has the lowest prevalence (14,24%) regarding the teaching of Clinical Pathology/Laboratory Medicine, while the Southeast region showed the highest prevalence (28,57%) .Conclusion: Only 23% of medical schools in Brazil have the teaching of Clinical Pathology/Laboratory Medicine in their curriculum.

Keywords Laboratory Medicine. Medical Education. Clinical Pathology.

9 - Prevalência de tromboembolismo pulmonar diagnosticado por angiotomografia computadorizada em pacientes de um município de médio porte de Minas Gerais

Prevalence of pulmonary thromboembolism diagnosed by computadorized angiotomography in patients in a inner city in state of Minas Gerais

Mariana Zinato Cária; Ana Clara Vieira Ferreira; Ana Luiza Machado Costa; Milena Freire Abu Kamel; Rayanne Christina Silva; Marcospaulo Viana-Milagres

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.4):53-60, Set, 2020

Introdução. O tromboembolismo pulmonar (TEP) é uma doença que apresenta uma clínica inespecífica, o que induz a necessidade de solicitar exames complementares, como a angiotomografia computadorizada (angioTC) de tórax. Com o objetivo de evitar a sua solicitação desnecessária, foram criados sistemas de probabilidade pré-teste, como o escore de Wells, que direcionam a propedêutica. Objetivo. Avaliar a prevalência de tromboembolismo pulmonar (TEP) em dois hospitais de uma cidade de médio porte e verificar o padrão de solicitação da angiotomografia computadorizada de tórax (angioTC). Métodos. Estudo transversal a partir de dados de prontuários de pacientes submetidos à angioTC de tórax no Hospital Regional de Barbacena e no Hospital Ibiapaba no período de janeiro de 2014 até junho de 2018. Resultados. A prevalência de TEP foi de 29,70% (N=259) no período de 54 meses e a mediana de idade, 66 anos (intervalo interquartil: 24). Nos pacientes com o diagnóstico de TEP, o sintoma mais frequente foi dor torácica (38,81%), seguido por hemoptise (33,33%) e tosse (32,99%). Nos prontuários analisados foi observado que a utilização do escore de Wells foi de 2,70%. A probabilidade de TEP, pelo escore de Wells, realizada pelos pesquisadores com base nos dados dos prontuários, em pacientes diagnosticados com TEP pela angioTC foi alta em 45%, moderada em 34,42% e baixa em 9,23%. Conclusão. A prevalência foi de 29,70% no período de 54 meses de diagnóstico de TEP em pacientes que realizaram a angioTC de tórax nos hospitais mencionados. O escore de Wells é um importante instrumento propedêutico.

Palavras-chave Embolia Pulmonar. Trombose Venosa, Angiografia por Tomografia Computadorizada.

Background. Pulmonary embolism (PE) is a disease presented with nonspecific symptoms that requires additional tests such as pulmonary angiography by computadorized tomography. To avoid unnecessary tests, pre-test probability tools were created, such as Wells Score, which guides the propaedeutics. Objective. To evaluate the prevalence of pulmonary embolism (PE) in two hospitals in a medium-sized city and to verify computed tomography pulmonary angiography imaging exam orders. Methods. Cross-sectional study based on data from the hospital records evolving patients underwent computed tomography pulmonary angiography at Hospital Regional de Barbacena and Hospital Ibiapaba through January 2014 and June 2018. Results. The prevalence of PE was 29.70% (259 patients) in the 54-month period and the median age, 66 years (interquartile range, 24). In patients with the diagnosis of PE, the most frequent symptom was chest pain (38.81%) followed by hemoptysis (33.33%), and cough (32.99%). In the analyzed hospital records it was observed that the use of the Wells score was 2.70%. The probability of PE according to the Wells score, performed by the researchers based on data from the medical records, in patients diagnosed with PE by computed tomography pulmonary angiography was high in 45%, moderate in 34.42%, and low in 9.23%. Conclusion. The prevalence of PE was 29.70% (N = 259) in the 54-month period from PE diagnosis in patients who underwent computed tomography pulmonary angiography in the mentioned hospitals. The Wells score is an important diagnostic tool.

Keywords Pulmonary Embolism. Venous Thrombosis. Computed Tomography Pulmonary Angiography</p>

ANAIS DO IV CONGRESSO MÉDICO DA REGIÃO CENTRO SUL

10 - ANAIS DO IV CONGRESSO MÉDICO DA REGIÃO CENTRO SUL - RESUMOS

ANAIS DO IV CONGRESSO MÉDICO DA REGIÃO CENTRO SUL - ABSTRACTS

Rev Med Minas Gerais; 30.(Suppl.4):61-, Set, 2020