RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Volume: 31 DOI: http://www.dx.doi.org/ 10.5935/2238-3182.v31supl.5

PDF Completo

 

Editorial

1 - Editorial

Prof. José Orleans da Costa

Rev Med Minas Gerais 2021; 31(Suppl.5):

Artigo Original

2 - Violência contra a Mulher e Comportamento Suicida

Violence against Women and Suicidal Behavior

Nikole Gabrielle Oliveira Simões Santos; Bruna Maria Pereira Senra; Rafael Ramos da Rocha; Paloma Nunez Campos; Camila de Paula Lorenzotti; Carlos Eduardo Leal Vidal

Rev Med Minas Gerais 2021; 31(Suppl.5):

Introdução: Violência contra a mulher é qualquer ato de violência ao gênero com potencial de causar dano, podendo resultar em maior ideação e tentativas de suicídio das mulheres vítimas. Objetivo: Estimar os coeficientes de violência contra a mulher em diferentes regiões do estado e verificar sua correlação com o comportamento suicida. Materiais e métodos: Estudo ecológico que analisou registros de agressão física, psicomoral e sexual à mulher pelo parceiro, a partir dos 10 anos de idade, no período de 2012 a 2018. Os dados foram obtidos do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde e do Portal de Vigilância em Saúde de Minas Gerais. Resultado: Foram verificadas mais de 212 mil notificações de violência, na maioria das quais os agressores eram homens, parceiros íntimos e residiam com as vítimas. Como exceção as agressões sexuais, que ocorriam fora do lar e por desconhecidos. Verificou-se, também, correlação positiva entre a violência e as lesões autoprovocadas a nível estadual (r=0,827; p=0,01) e na maioria das macrorregiões. Conclusão: Os dados apresentados indicaram coeficientes expressivos de violência doméstica no estado, e sua ocorrência deve ser considerada como provável fator associado ao comportamento suicida, fazendo-se imprescindível a investigação dessas duas condições nos serviços de saúde.

Palavras-chave Violência Doméstica. Tentativa de Suicídio. Suicídio.

Introduction: Violence against women is any act of violence to gender with the potential to cause harm. It may increase ideation and suicide attempts by women victims. Objective: To estimate the coefficients of violence against women in different regions of the state of Minas Gerais and verify its correlation with suicidal behavior. Methods: Ecological study that analyzed records of physical, psychomoral and sexual aggression against women by their partners, from 10 years of age, between 2012 and 2018. The data were obtained from Informatics Department of the Unified Health System and the Health Surveillance of Minas Gerais. Result: It was verified more than 212 thousands reports of violence and most of the aggressors were men, intimate partners who lived with the victims. Sexual assaults were an exception, which occurred outside the home and by strangers. There was also a positive correlation between violence and self-harm at a state level (r = 0.827; p = 0.01) and in most macro-regions. Conclusion: The data presented indicated expressive coefficients of domestic violence in the state and its occurrence should be considered as a probable factor associated with suicidal behavior, making essential the investigation of these two conditions in health services.

Keywords Domestic Violence. Suicide, Attempted. Suicide.

3 - Avaliação da relação médico-paciente sob a perspectiva de pacientes da rede pública de saúde

Evaluation of the physian-patient relationship from the perspective of patients from the public health network

Fernanda Orlando Pompeu Madeira; Isabela Gondim Wulf; Julia Alice Borges Cabral; Virgínia Araújo de Sousa; Vivian Oliveira Viana; Carlos Eduardo Leal Vidal

Rev Med Minas Gerais 2021; 31(Suppl.5):

Introdução. A relação médico-paciente influencia de forma expressiva o diagnóstico, a terapêutica e o prognóstico do doente. Esse vínculo pode ser fundamentado a partir de duas vertentes: o modelo comunicacional verticalizado ou paternalista focado no médico e o modelo horizontal centrado no paciente, que é encorajado a assumir uma participação mais ativa no tratamento. Essa relação pode ser mensurada pela Escala de Orientação Médico-Paciente (Patient-Practitioner Orientation Scale - PPOS). Objetivo. Avaliar as atitudes dos pacientes a respeito da relação médico-paciente sobre as perspectivas caring (cuidar) e sharing (compartilhar). Métodos. Estudo transversal desenvolvido no Centro Ambulatorial Dr. Agostinho Paolucci, hospital escola da Faculdade de Medicina de Barbacena. A amostra foi constituída por 200 pacientes atendidos e avaliados por meio da Escala PPOS. A análise estatística foi realizada por meio do teste t e ANOVA. Resultados. A idade média dos respondentes foi de 47,3±15,3 anos, sendo 178 do sexo feminino (79,0%). O escore médio encontrado foi de 4,07±0,58, indicando atitudes mais centradas no médico. Para as subescalas sharing e caring as médias foram de 3,56±0,89 e 4,58±0,58, respectivamente, indicando igualmente orientações centradas no modelo médico tradicional. Conclusão. Neste estudo, a atitude dos entrevistados foi mais orientada na dimensão caring, refletindo o perfil da relação médico-paciente na sociedade brasileira.

Palavras-chave Relação Médico-paciente. Atitudes e Práticas em Saúde. Assistência Centrada no Paciente.

Introduction. The doctor-patient relationship expressively influences the diagnostic, the therapy and the patients prognosis. This link can be based on two aspects: the vertical communication model or paternalist which is centered on the doctor and the horizontal model centered on the patient, who is encouraged to assume a more active participation in the treatment. This relation can be measured by the Patient-Practitioner Orientation Scale - PPOS). Objective. Evaluate the attitudes of patients regarding the doctor-patient relationship according to the perspectives of caring and sharing. Methods Cross-sectional study developed at the Ambulatory Center Dr. Agostinho Paolucci, teaching hospital of the Barbacena Faculty of Medicine. The sample consisted of200patients seen in 2019, assessed using the Doctor-Patient Orientation Scale (Patient-Practitioner Orientation Scale - PPOS). The t test and ANOVA were used to analyze the data. Results. The average age of the respondents was 47.3 ± 15.3 years, with 178 being female (79.0%). The average score found was 4.07 ± 0.58, indicating morephysician-centered attitudes. For the ''sharing'' and ''caring'' subscales, the averages were 3.56 ± 0.89 and 4.58 ± 0.58, respectively, also indicating guidelines centered on the traditional medical model. Conclusion. In this study, the interviewees' attitude was predominantly attuned to caring than sharing, which reflects the profile of the doctor-patient relationship in the Brazilian society.

Keywords Doctor-patient Relationship. Health Attitudes and Practices. Patient-centered Care.

4 - Prevalência de microrganismos responsáveis por infecções relacionadas ao atendimento em saúde através de objetos de uso pessoal, mãos e paredes

Prevalence of microorganisms responsible for healthcare associated infections through objects of personal use, hands and walls

Aline Reis Tavares; Beatriz Coimbra Russo; Bruno Reis Belo; Pedro Henrique Gomes Pena; Vítor Hugo Marques Miranda; Cristina Maria Miranda Bello

Rev Med Minas Gerais 2021; 31(Suppl.5):

Introdução: As infecções relacionadas ao atendimento em saúde se tornaram um grande problema na área da saúde, visto que micro rgan is mos cada vez mais resistentes põem em risco a saúde de pacientes debilitados. Esses microrganismos são inofensivos para indivíduos saudáveis, fazendo parte da microbiota indígena, mas são ameaça para pacientes imunocomprometidos, sendo necessário os devidos cuidados a fim de se evitar a transmissão desses possíveis patógenos. Objetivo: Isolamento e identificação dos principais microrganismos responsáveis por contaminação nos estetoscópios e jalecos médicos, nas mãos dos profissionais da saúde e da área de serviços gerais, nos aparelhos celulares dos profissionais e nas paredes das enfermarias. Métodos: Estudo comparativo, com coleta das amostras (78 mãos, 78 celulares, 16 jalecos, 10 estetoscópios e 70 paredes) realizada em enfermaria de um hospital público de Barbacena - MG e processadas na Faculdade de Medicina de Barbacena, onde foram isolados Staphylococcus, Bacilos Gram negativo e Candida. Resultados: O microrganismo mais prevalente nos profissionais foi Candida em 54,6% (IC 47,2% - 62,1%) das amostras. Há correlação de contaminação cruzada entre mãos e celulares em 54,5% (p<0,0001) das coletas bem como entre os celulares e estetoscópios em 94,8% (p = 0,0002) dos casos. Nas paredes o microrganismo mais significativo foi o Staphylococcus aureus com prevalência de 77,1% (67,3% - 86,9%). Conclusão: O MO de maior prevalência em mãos, celulares, jalecos, estetoscópios foi Candida, enquanto nas paredes foi a presença de Staphylococcus aureus. Os resultados comprovam o potencial de infecção cruzada entre mãos e celulares e entre celulares e estetoscópios.

Palavras-chave Infecções. Contaminação cruzada. Celular. Estetoscópio. Vestuário. Arquitetura hospitalar. Staphylococcus aureus.

Introduction: Infections related to health care have become a major problem in the health area, since increasingly resistant microorganisms endanger the health of debilitated patients. These microorganisms are harmless to healthy individuals, being part of the indigenous microbiota, but they are a threat to immunocompromised patients, so proper care is needed in order to avoid the transmission of these possible pathogens. Objective: Isolation and identification of the main microorganisms that are responsible for contamination in stethoscopes and medical coats, in the hands of health professionals and in the general services area, on the cell phones of professionals and on the walls of wards. Methods: Comparative study, with sample collection (78 hands, 78 cellphones, 16 lab coats, 10 stethoscopes and 70 walls) performed in the ward of a public hospital in Barbacena - MG and analyzed at the Faculty of Medicine of Barbacena, where they wereprocessed for isolation to Staphylococcus, Gram negative bacilli and Candida. Results: The most prevalent microorganism among professionals was Candida in 54.6% (CI 47.2% - 62.1%) of the samples. There is a correlation of cross-contamination between hands and cell phones in 54.5% (p <0.0001) of collections, as well as between cell phones and stethoscopes in 94.8% (p = 0.0002) of cases. On the walls the most significant microorganism was Staphylococcus aureus with a prevalence of 77.1% (67.3% - 86.9%). Conclusion: The most prevalent MO in hands, cell phones, lab coats, stethoscopes was Candida, while Staphylococcus aureus was present on the walls. The results prove the potential for cross-infection between hands and cell phones and between cellphones and stethoscopes.

Keywords Infections. Cross contamination. Cell phone. Stethoscope. Clothing. Hospital design and construction. Staphylococcus aureus.

5 - Impacto da capacitação em equipes de saúde básica acerca do HPV e da sua vacinação em um município de médio porte de Minas Gerais

The impact of training on basic health care about HPV and its vaccination in a medium-sized city of Minas Gerais

Betina Alves Ferreira de Andrade; Larissa Maia Lemos Barreto; Letícia Caldeira Lima1; Luiza Miraglia Firpe; Roberta Evelyn Furtado; Cristina Maria Miranda Bello; Renato Santos Laboissière

Rev Med Minas Gerais 2021; 31(Suppl.5):

Introdução: O Papilomavírus Humano (HPV) é o vírus de DNA causador da infecção sexualmente transmissível mais prevalente no mundo, sendo responsável por cerca de 70% dos casos de câncer de colo uterino e até 90% das verrugas anogenitais. A proximidade dos profissionais da atenção básica com a comunidade em que estão inseridos permite que orientem os indivíduos a respeito da prevenção e tratamento dessa infecção, transformando o conhecimento técnico em linguagem acessível a todos. Objetivos: Determinar o impacto do treinamento das equipes de saúde básica no conhecimento acerca do HPV e sua vacinação em município de médio porte de Minas Gerais (MG). Métodos: Trata-se de um estudo analítico, do tipo transversal, realizado em nove Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Barbacena (MG) com 73 profissionais da saúde. Foi aplicado um questionário antes e depois da capacitação, que foi fundamentada na metodologia ativa do Arco de Charles Maguerez. Resultados: A intervenção teve impacto comprovado por meio de diferença significativa no aumento do número de acertos (p<0,0001) e na redução do número de dúvidas (p<0,0001) entre as aplicações do questionário. O nível de conhecimento sobre HPV previamente estabelecido como satisfatório foi superado por mais participantes na segunda aplicação do questionário em relação à primeira. Conclusão: Os resultados enfatizam a importância de realizar capacitações sobre o HPV e sua vacinação para os profissionais atuantes na atenção básica, principalmente aos agentes comunitários de saúde, já que possuem uma relação mais próxima com os usuários das UBSs e grande influência nas decisões da população atendida.

Palavras-chave Infecção por Papilomavírus. Atenção primária à Saúde. Aprendizagem Baseada em Problemas. Capacitação Profissional e Estratégia Saúde da Família

Introduction: Human Papillomavirus (HPV) is the DNA virus that causes the most prevalent sexually transmitted infection in the world, being responsible for about 70% of cases of cervical cancer and up to 90% of anogenital warts. The proximity of primary care professionals to the community in which they operate allows them to guide individuals about the prevention and treatment of this infection, transforming technical knowledge into language accessible to all. Objectives: To determine the impact of training basic health teams on knowledge about HPVand its vaccination in a medium-sized municipality in Minas Gerais (MG). Methods: This is an analytical, cross-sectionalstudy conducted in nine Basic Health Units (UBSs) in Barbacena (MG) with 73 health professionals. A questionnaire was applied before and after the training, which was based on the active methodology of the Arch of Charles Maguerez. Results: The intervention had a proven impact through a significant difference in the increase in the number of correct answers (p <0.0001) and in the reduction of the number of doubts (p <0.0001) between the applications of the questionnaire. The level of knowledge about HPV previously established as satisfactory was surpassed by more participants in the second application of the questionnaire in relation to the first. Conclusion: The results emphasize the importance of providing training on HPV and its vaccination for professionals working in primary care, especially community health workers, as they have a closer relationship with users of UBSs andgreat influence on the decisions of the population answered.

Keywords Papillomavirus Infection. Primary Health Care. Problem-Based Learning. Professional Training e Family Health Strategy.

6 - Avaliação das barreiras à prática de atividade física em pacientes com diferentes doenças crônicas não transmissíveis

Evaluation of barriers to physical activity in patients with different non-communicable chronic diseases

Caio Cangussu Fonseca; Igor Cardoso Barreto; Luciano Francisco Ferreira Silva,; Matheus Santana Luz; Pedro Assis Mourão1; Leda Marília Fonseca Lucinda

Rev Med Minas Gerais 2021; 31(Suppl.5):

INTRODUÇÃO: O sedentarismo é prevalente em pacientes com doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) e está associado com a alta morbimortalidade nesta população. Nesse sentido, devem ser rastreadas as possíveis barreiras à prática de atividade física nestes indivíduos.
OBJETIVO: Identificar as barreiras para atividade física em pacientes com DCNT. MÉTODOS: O presente estudo incluiu pacientes adultos com DCNT que foram submetidos ao questionário IPAQ para avaliação do nível de atividade física, posteriormente os pacientes sedentários e insuficientemente ativos responderam ao questionário de barreiras à prática de atividade física. RESULTADOS: 259 indivíduos foram entrevistados e a mediana de barreiras à prática de atividade física foi de 7,0 (5,0), sendo que dos pacientes três (1,2%) relataram nenhuma barreira, 16 (6,2%) uma única barreira, 92 (35,6%) de 2-5 barreiras, 117 (45,2%) de 6-10 barreiras, sendo as mais prevalentes dor em membros inferiores, cansaço e câimbras; alterações ósseas, coluna, amputação e ferida; sintomas como dispneia, dor precordial e taquicardia; medo de queda e presença de estresse, nervosismo e problemas pessoais. CONCLUSÃO: Pacientes com DCNT apresentam como principais barreiras à prática de atividade física dores em membros inferiores, alterações ósseas, dor na coluna, amputação e ferida e sintomas como dispneia, dor precordial e taquicardia. Maior prevalência de tabagismo, menor renda, maior índice de massa corpórea e doenças cardiovasculares foram as variáveis que se correlacionaram com o maior número de barreiras à atividade física. A partir disso, estratégias para programas de atividade física podem ser desenvolvidas para melhorar a qualidade de vida destes indivíduos.

Palavras-chave Doença crônica. Exercício físico. Barreira. Sedentarismo

INTRODUCTION: The sedentary life style is prevalent among the chronic non- communicable diseases (NCDs) and is associate with high morbimortality in this population. In this context, the barriers to the physical activity practice should be evaluated in thispopulation.
OBJECTIVE: The aim of this study was to Identify barriers to physical activity in patients with NCD. METHODS: The presentstudy includedNCDs adult patients that weresubmittedto theIPAQquestionnaire to assess the level of physical activity, lately the sedentary and insufficiently active patients were submitted to the barriers tophysicalactivity questionnaire. RESULTS: 259 individual were interviewed, the median of barriers to physical activity was 7.0 (5.0), of these patients three (1.2%) reported no barriers, 16 (6.2%) one single barrier, 92 (35.6%) 2-5 barriers, 117 (45.2%) 6-10 barriers. The mostprevalent barriers were pain in the lower limbs, tiredness and cramps; bone, spine, amputation and wound changes; symptoms such as dyspnea, chest pain and tachycardia; fear of falling and the presence of stress, nervousness andpersonal problems. CONCLUSION: NCDs showed as main barriers to thepractice of physical activity lower limb pain, bone changes, pain in the spine, amputation and wound and symptoms such as dyspnea, chest pain and tachycardia. Higherprevalence of smoking, lower income, presence of cardiovascular disease and higher body mass index were the variables that correlated with the highest number of barriers to physical activity. Based on that, physical activities strategies can be developed to improve the quality of life of these individuals.

Keywords Chronic Disease. Exercise. Barrier. Sedentary life style.

7 - Fatores determinantes para a evolução da doença renal crônica: coorte histórica em um ambulatório de nefrologia da rede pública

Determinant factors for the evolution of chronic kidney disease: historical cohort in a public network nephrology ambulatory

Valéria Dumont Cruz Nunes; Gisele Fernanda de Figueiredo; Raphaela Ilmara Campos Duque da Silva; Bárbara Cristina de Assis Melo; Márcio Heitor Stelmo da Silva; Priscilla Brunelli Pujatti; Mary Lourdes Pinto de Oliveira

Rev Med Minas Gerais 2021; 31(Suppl.5):

Introdução: Doença Renal Crônica é uma desordem estrutural e funcional dos rins de diversas etiologias, que acarreta manifestações sistêmicas e risco de óbito. Os sintomas surgem quando a lesão renal estrutural já está avançada. Diagnóstico precoce e encaminhamento imediato ao Nefrologista são fundamentais para implementar medidas preventivas, que retardem ou resgatem a função renal. Objetivo: Descrever evolução clínica dividida em seguimentos bianuais de pacientes em qualquer estágio a partir do diagnóstico e início do manejo, além de analisar fatores determinantes para retardo à TRS. Materiais e métodos: Estudo realizado no período de maio de 2009 a março de 2018, no Hospital Raimundo Campos, localizado na cidade de Ouro Branco (MG). Informações referentes à identificação e dados clínicos dos pacientes foram obtidas por meio da análise dos prontuários médicos. Foi confeccionada uma base de dados, utilizando o banco relacional MSSQL e desenvolvido aplicativo para lançamento e ordenação de dados desenvolvido em Delphi. O banco de dados foi transcrito para uma planilha compilada para base de dados e processados em software estatístico STATA versão 9.2. Existência da relação entre variáveis qualitativas foi medida por testes quiquadrado ou exato de Fisher. Resultados: Foi realizado análise estatística sobre variáveis de dados demográficos, etiologia, situação, parâmetros clínicos e laboratoriais, além do estilo de vida. Esses critérios foram avaliados de acordo com sua influência na evolução em cada seguimento. Conclusão: Tratamento conservador aliado ao seguimento protocolar criterioso, adesão às mudanças do estilo de vida e adequações medicamentosas parecem ser a melhor opção de controle da DRC.

Palavras-chave Insuficiência Renal Crônica. Tratamento Conservador. Proteinúria. Taxa de Filtração Glomerular. Cooperação e Adesão ao Tratamento. Diagnóstico Precoce.

Introduction: Chronic Kidney Disease is a structural and functional disorder of the kidney from diverse etiologies, which causes severalsystemic manifestations and risk of death. Symptoms appear when renal lesion is already advanced. Early diagnosis and immediate referral to the nephrologist are essential to implement preventive measures, slowing or rescue kidney function. Objective: To describe the clinical course divided into bi-annual follow-up of patients at any stage from diagnosis and early management, in addition to analyzing the determining factors for delayed admission to RRT. Materials and methods: Study carried out from May 2009 to March 2018, at Hospital Raimundo Campos, located in the city of Ouro Branco (MG). Information regarding the identification and clinical data of patients were obtained through the analysis of medical records. It was made a database using the relational database MSSQL and an application was developed for launching and ordering the data mass developed in Delphi. The database was transcribed to a compiledspreadsheet to the database andprocessedin statisticalsoftware STATA version 9.2. The existence of the relationship between qualitative variables was measuredby Chi-square or Fishers exact tests. Results: Statistical analysis was performed on the variables of demographic data, etiology, situation, clinical and laboratory parameters, in addition to lifestyle. These criteria were evaluated according to their progress at each clinical follow- up. Conclusion: Conservative treatment combined with strict follow-up protocol, with adherence to lifestyle changes and medication adjustments seem to be the best option for controlling the CKD.

Keywords Chronic Kidney Disease. Conservative Treatment. Proteinuria. Glomerular Filtration Rate. Treatment Adherence and Compliance. Early Diagnosis.

8 - Migrânea e anticoncepcionais hormonais: riscos e autoconhecimento

Migraine and hormonal contraceptives: risks and self-knowledge

Mauro Eduardo Jurno; Alexandre Lyra da Matta Machado Fernandes; Arthur Mattoso Vilela; Gabriel Augusto do Nascimento Pacheco; Giovany Martins da Costa Sant-Ana; Lucas Martins Godoy de Sousa; Lucca Penna Faria

Rev Med Minas Gerais 2021; 31(Suppl.5):

INTRODUÇÃO: Os anticoncepcionais hormonais (ACH) são o método de maior prevalência entre as medidas medicamentosas, pois constituem o mais eficaz e reversível recurso de contracepção. Ademais, tais medicamentos também estão associados a maior prevalência de migrânea em suas usuárias, combinação essa comprovadamente apontada como fator de risco para desenvolvimento de doenças cerebrovasculares (DCV). OBJETIVO: Identificar se os ACH são prescritos por médicos e se as usuárias têm conhecimento dos possíveis efeitos adversos, especificamente DCV, relacionados ao uso destes medicamentos associado à presença de migrânea. MÉTODOS: A pesquisa compreendeu um estudo transversal observacional. A amostra foi composta por 1000 mulheres, de 18 a 44 anos de idade usuárias do SUS na cidade de Barbacena - MG. Foi aplicado a elas o ID-Migraine, formulário que contempla realizar o diagnóstico de migrânea, além de perguntas relacionadas ao objetivo do trabalho. RESULTADOS: Observou-se que das 1000 entrevistadas, 264 eram migranosas e usuárias de ACH prescrito por médico, e dessas, 57% tinham conhecimento prévio do risco de desenvolver DCV com uso de ACH, e apenas 32,9% das mesmas 264 conheciam sobre a relação do uso de ACH associado à migrânea e o risco de desenvolvimento/agravo de DCV. CONCLUSÃO: Observou-se que mesmo sob prescrição médica, grande parte da população estudada migranosa e usuária de ACH não tinha conhecimento sobre os riscos de seu uso, e, uma parcela ainda maior desconhecia os riscos de seu uso com presença de migrânea e o desenvolvimento/agravo de DCV. Evidenciando-se assim a necessidade de melhoria na atenção primária da mulher.

Palavras-chave Migrânea. Anticoncepcionais. Doença Cerebrovascular.

INTRODUCTION: Contraceptive agents are the most prevalent methodamong medication measures. Such drugs are also associated with a higher prevalence of migraine in their users. OBJECTIVE: Identify if contraceptive agents are being prescribed by doctors and if its users are aware of possible side effects, specifically cerebrovascular disease associated with migraine. METHODS: The research comprised an observational cross-sectional study. The sample consisted of 1000 women, between 18 to 44 years old, users of public health system in Barbacena - MG. The Migraine-ID which was applied to them focuses on the diagnosis of migraine, besides askingquestions relatedto the objective of the work. RESULTS: It was observedthat264 out of1000 interviewees were diagnosed with migraine and were users of contraceptive agents under medical prescription. 57% of the 264 had previous knowledge of the risks of developing cerebrovascular disease with the use of contraceptive agents, and only 32,9% of the same group were aware of the relationship between the use of contraceptive agents associated with migraine and the risk of developing/worsening cerebrovascular disease. CONCLUSION: The researchersfoundout that even under medical prescription, a largepart of the participants who were diagnosed with migraine and in use of contraceptive agents had no knowledge of the side effects of that agent. In addition, an even greater part who had been diagnosed with migraine didn 1 even know about the risks of developing cerebrovascular disease when taking contraceptive agents. In conclusion, this study shows the need for improvement in women 's primary care.

Keywords Migraine. Contraceptive Agents. Cerebrovascular Disease.

9 - Prevalência de depressão e ansiedade e sua relação com esperança em pacientes oncológicos em tratamento quimioterápico

Prevalence of depression and anxiety and relation with hope in oncological patients under chemotherapy

Fernando Rotatori Leal; Marcella Constâncio Sousa; Lucas Eduardo Fonseca; Bernardo Tolentino; Carolina Carla Alves Melo; João Paulo de Souza Lourenço; Priscilla Brunelli Pujatti

Rev Med Minas Gerais 2021; 31(Suppl.5):

Introdução: Além da implicação sistêmica do câncer, alterações neuropsiquiátricas podem surgir em maior ou menor grau, sobretudo os transtornos depressivos e ansiosos, que podem ser desencadeados durante a evolução da doença. Existem ferramentas úteis para a detecção de pacientes que se encontram em sofrimento psicoemocional e que necessitam de intervenção psicológica e/ou psiquiátrica, e a partir disso é possível promover atenção integral ao paciente oncológico e melhorar sua qualidade de vida. Objetivo: Levantar a prevalência de sintomas ansiosos e depressivos em pacientes oncológicos. Materiais e métodos: Foi conduzido um estudo transversal, prospectivo e observacional por meio dos questionários Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão (HADS), para o levantamento dos sintomas de ansiedade e depressão, e Escala de Esperança Herth para a mensuração da esperança em relação a vida. Resultados: A partir da amostra formada por 91 pacientes foram encontrados 27,47% (IC 95%: 16,3 - 34,2) dos pacientes com ansiedade provável ou possível, e 16,48% (IC 95%: 8,95 - 24,1) com depressão provável ou possível. Foi evidenciado que aqueles pacientes com menor tempo de tratamento apresentaram prevalência de diagnostico possível ou provável de ansiedade significativamente maior. Além disso aqueles classificados como ansiosos e/ou depressivos na escala de HADS apresentaram uma menor pontuação na escala de esperança. Conclusão: Independente do diagnóstico definitivo de ansiedade e depressão o estudo elucida a condição mental dos pacientes oncológicos e alerta para a necessidade da atenção psicoemocional que é pouco considerada durante o tratamento e que podem corroborar para uma maior morbidade e um pior desfecho.

Palavras-chave Neoplasias. Ansiedade. Depressão. Esperança. Prevalência.

Introduction: In addition to the systemic implication of cancer, neuropsychiatric disorders can appear to a greater or lesser extent, especially depressive andanxious disorders, which can be triggered during the course of the disease. There are useful tools for detectingpatients who are in psycho-emotional suffering and who need psychological and / orpsychiatric intervention, and from that it is possible to promote comprehensive care to cancerpatients and improve their life quality. Objective: Estimate the prevalence of anxious and depressive symptoms in cancerpatients. Methods: A cross-sectional, prospective and observational study was conducted using questionnaires, Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS), to survey the symptoms of anxiety and depression, and the Herth Hope Index (HHI) to evaluate hope. Results: From the sample formed by 91 patients, 27.47% (95% CI: 16,3 - 34,2) of patients with probable orpossible anxiety were found, and 16.48% (95% CI: 8.95 - 24,1) with probable orpossible depression. It was evidenced that those patients with shorter treatment time had a significantly higherprevalence of possible orprobable diagnosis of anxiety. In addition, those classified as anxious and / or depressed on the HADS scale had a lower score on the hope scale. Conclusion: Regardless of the definitive diagnosis of anxiety and depression, the study elucidates the mental condition of cancerpatients and warns about the need forpsycho-emotional attention that is scarcely considered during treatment and that can corroborate greater morbidity and a worse outcome.

Keywords Neoplasms. Anxiety. Depression. Hope. Prevalence.

10 - Avaliação do conhecimento de gestantes e puérperas frente ao cenário da sífilis gestacional em município de Minas Gerais

Evaluation of the knowledge of pregnant and puerperal woman against the scenario of gestational syphilis in a city of Minas Gerais

Jade Cruz de Oliveira Attanasio; Maria Eduarda Oliveira Andrade; Sâmia Silva Tanure; Victoria Schacht; Yasmin Esmeraldo de Oliveira; Cristina Maria Miranda Bello; Renato Santos Laboissiere

Rev Med Minas Gerais 2021; 31(Suppl.5):

INTRODUÇÃO: O tratamento inadequado da sífilis gestacional (SG) pode levar ao desenvolvimento da sífilis congênita (SC) em até 100% dos casos. Apesar de haver uma iniciativa mundial que visa a eliminação dessa doença como um problema de saúde pública, no município de Barbacena, foi observado um aumento de 8,5 vezes na taxa de incidência de SG e de 10,5 vezes na taxa de SC, entre o período de 2009-2018.OBJETIVOS: Avaliar o conhecimento prévio das gestantes e puérperas de um município de Minas Gerais, quanto à caracterização da doença, sintomas, complicações maternas e fetais da SG e avaliar a associação entre esse conhecimento com dados sociodemográficos e variáveis obstétricas. MÉTODOS: Estudo transversal prospectivo, com 144 gestantes e puérperas assistidas pelo Programa de Saúde da Família (PSF) e no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Barbacena, Minas Gerais. Dados coletados através de questionários. RESULTADOS: Foi observado uma prevalência de 2,10% de SG em Barbacena. Foi identificada uma defasagem de informações, em que a maioria das gestantes e puérperas admitiram não terem sido orientadas pela equipe do pré-natal sobre a sífilis. A baixa escolaridade e a ausência de ocupação laboral estão associadas com os erros acerca da doença no estudo. CONCLUSÃO: As gestantes e puérperas entrevistadas apresentavam um conhecimento insuficiente para a prevenção da SG. Esse achado sugere uma defasagem do sistema de saúde em garantir a prevenção primária eficaz para a sífilis, através do pré-natal. São necessários novos estudos semelhantes a fim de estabelecer maior representatividade das falhas detectadas.

Palavras-chave Sífilis. Pré-natal. Gravidez de alto risco. Saúde pública. Atenção primária. IST.

INTRODUCTION: The inadequate treatment of gestational syphilis (SG) can lead to the development of congenital syphilis (SC) in up to 100% of cases. Although, there is a worldwide initiative that aims to eliminate this disease as apublic healthproblem, in the municipality of Barbacena. An increase of 8.5 times in the incidence rate of SG and 10.5 times in the rate of SC had been observed, between the period 20092018. OBJECTIVES:To evaluate theprior knowledge of pregnant women and mothers of a municipality in Minas Gerais, regarding the characterization of the disease, symptoms, maternal and fetal complications of SG, and to evaluate the association between this knowledge with sociodemographic data and obstetric variables. METHODS:Prospective cross-sectionalstudy, with 144pregnant and postpartum women assisted by the Family Health Program (PSF) and at the Santa Casa de Misericórdia Hospital in Barbacena, Minas Gerais. Data collected through questionnaires. RESULTS: A prevalence of 2.10% of SG was observed in Barbacena. An information gap was identified, in which the majority of pregnant women and postpartum women admitted that they had not been advised by the prenatal team about syphilis. Low education and absence of work occupation are associated with errors about the disease in the study. CONCLUSION: The interviewed, pregnant women and mothers, presented insufficient knowledge onpreventing SG. This finding suggests a gap in the health system to ensuring the effective primary prevention of syphilis through prenatal care. Similar new studies are needed in order to establish a greater representativeness of the detected flaws.

Keywords Syphilis. Prenatal care. Pregnancy. High-risk. Public health. Primary care. STI.

11 - Perfil de risco de doença pulmonar obstrutiva crônica em pacientes cardíacos com dor torácica atendidos em um hospital de referência em cardiologia da região do Campo das Vertentes

Profile of chronic obstructive pulmonary disease risk in heart patients with thoracic pain attended in a reference hospital in cardiology in the region of Campo das Vertentes

Caroline Ferreira Matos; Clara Duarte Costa Pinto; Laura Hermeto Gribel; Mariana Campos Martins; Rafael Renato Malaquias Santos Ferreira; Rodrigo Russo

Rev Med Minas Gerais 2021; 31(Suppl.5):

Introdução: A DPOC é um estado patológico caracterizado por uma limitação do débito aéreo que não é totalmente reversível, sendo a quarta principal causa de morte no mundo. Há uma interação entre DPOC e doenças cardiovasculares devido a mecanismos fisio pato lógicos e fatores de risco em comum. Objetivo: Traçar o perfil de risco de DPOC em pacientes cardíacos com dor torácica atendidos em um hospital de referência em cardiologia da região do Campo das Vertentes. Métodos: Estudo observacional de corte transversal que foi desenvolvido na cidade de Barbacena, Minas Gerais no período entre setembro de 2019 e fevereiro de 2020 por meio da aplicação de questionários em pacientes com queixa de dor torácica. Resultados: O presente estudo avaliou 61 pacientes com dor torácica evidenciando um perfil constituído principalmente por homens, com idade média de 63,7± DP 13,16 anos, ex-tabagistas (média de 35,2 anos em contato com cigarro) e em contato com fogão a lenha por longo período. Os sintomas prevalentes nos pacientes do estudo foram dispneia progressiva aos esforços com piora no último ano, tosse seca por pelo menos três meses consecutivos e dor torácica típica. Conclusão: O estudo demonstrou que o contato com o fogão a lenha foi prevalente entre os pacientes, porém é uma informação pouco valorizada na prática clínica. Esse fato associado ao alto índice de sintomas respiratórios apresentados pelos participantes da pesquisa são grandes indicativos de um subdiagnóstico de DPOC.

Palavras-chave DPO. Cardiopatias. Pneumopatias. Dor no peito. Perfil de saúde.

Introduction: COPD is a pathological condition characterized by an airflow limitation that is not fully reversible, being the fourth leading cause of death in the world. There is an interaction between COPD and cardiovascular diseases due to pathophysiological mechanisms and common risk factors. Objective: To trace the risk profile of COPD in cardiologicalpatients with chestpain treated at a cardiology reference hospital in the Campo das Vertentes region. Methods: Observational cross-sectional study that was developed in the city of Barbacena, Minas Gerais in the period between September 2019 and February 2020 through the application of questionnaires in patients complaining of chestpain. Results: Thepresent study evaluated 61 patients with chestpain, showing a profile consisting mainly of men, with a mean age of 63.7 ± SD 13.16 years, ex-smokers (mean of 35.2 years in contact with cigarettes) and in long-term contact with a wood stove. The prevalent symptoms in the study patients were progressive dyspnea on exertion that worsened in the last year, dry cough for at least three consecutive months and typical chest pain. Conclusions: The study demonstrated that contact with the wood stove was prevalent among patients, but it is a little valued Information in clinical practice. This fact, associated with the high rate of respiratory symptoms presented by the research participants, is a great indication of an underdiagnosis of COPD.

Keywords COPD. Heart diseases. Lung diseases. Chestpain. Healthprofile.

12 - Menores níveis de adiponectina total associados com fatores de risco cardiometabólico em crianças e adolescentes

Carolina Abade Barbosa; Juliana Leal Maia da Rocha; Lívia Costa Debossan; Mayara Valadares Lanza França; Renata Viana Hoffmann Monteiro Guedes; Benedito de Oliveira Veiga; Carla Márcia Moreira Lanna; Vanessa de Almeida Belo

Rev Med Minas Gerais 2021; 31(Suppl.5):

Objetivo. Associar as concentrações dessa adipocina com fatores de risco cardiometabólicos (IMC, circunferência abdominal, HOMA-IR, TGL, HDL, colesterol e pressão arterial sistólica). Materiais e métodos. Crianças e adolescentes de 5 a 18 anos foram divididos em 3 grupos: 165 crianças/adolescentes saudáveis, 114 crianças/adolescentes com obesidade e 74 crianças/adolescentes com obesidade/hipertensão. As dosagens de APN total foram determinadas no plasma EDTA pelo método ELISA sandwich. ANOVA foi usada para comparar os grupos definidos pelos quartis de APN total em relação aos fatores de risco cardiometabólicos. Resultados. As crianças e os adolescentes com obesidade/hipertensão apresentaram menores níveis séricos de APN total (P<0,05). Menores níveis de APN total estão associados a fatores de risco metabólicos (IMC, circunferência abdominal, HOMA-IR, triglicerídeos, HDL, colesterol e pressão arterial sistólica) (P<0,05). Conclusão. Menores níveis de APN total são fatores associados à fatores de risco cardiometabólicos em crianças e adolescentes.

Palavras-chave Adiponectina. Obesidade infantil. Adipocina. Doenças cardiovasculares.

Resumo