RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Volume: 28. (Suppl.6)

 

Editorial

1 - Muitas despedidas e novos caminhos a trilhar

Maria do Carmo Barros de Melo

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

2 - Depoimentos sobre o Prof. José Américo: Acidentes e violência são evitáveis

Maria do Carmo Barros de Melo; Marislaine Lumena de Mendonça; Paulo César Pinho Ribeiro; Adebal Andrade Filho; José Sabino de Oliveira; José Guerra Lages

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

3 - Dr. José Américo de Campos - um homem a admirar e um exemplo de pediatra a seguir

Luci Yara Pfeiffer

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

Artigo Original

4 - Estudo da soroprevalência de infecções virais e parasitárias entre pacientes oncológicos pediátricos

Seroprevalence of parasitic and viral infections among pediatric oncology patients

Elaine Kimie Iwayama Ikematu; Laiane Candiotto Drumond; Wellerson Mayrink de Paula Júnior; Fabiana Maria Kakehasi; Karla Emilia de Sá Rodrigues

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

A redução da capacidade de resposta imunológica e a maior predisposição a infecções parasitárias e virais, principalmente durante os períodos de mielosupressão aumenta o risco de morte e piora a qualidade de vida dos pacientes com câncer. O objetivo foi avaliar a soroprevalência de toxoplasmose, sífilis, rubéola, hepatites, HIV, citomegalovirose (CMV), mononucleose (EBV) e doença de Chagas entre pacientes oncológicos ao diagnóstico. Estudo observacional transversal de revisão dos prontuários dos pacientes admitidos em um hospital universitário para avaliação dos resultados das sorologias ao diagnóstico da doença neoplásica. A idade mediana dos pacientes foi de 7,8 anos. Houve leve predomínio do sexo masculino (57,6%); leucemia aguda foi o diagnóstico de 58,8% dos pacientes. Observou-se alta prevalência de susceptibilidade para toxoplasmose (95%) e alta prevalência de exposição prévia aos vírus EBV, CMV e rubéola (83,3%; 75,9% e 86,5%; respectivamente). Não foi identificado infecção por Treponema pallidum, HIV e HTLV nesta população. Pacientes com leucemia e linfoma apresentaram maior taxa de exposição prévia ao EBV quando comparados aqueles com tumor sólido (83,9% vs. 80%, p < 0,05). Observou-se baixa soroprevalência de infecção parasitária aguda, assim como alta prevalência de exposição prévia aos vírus da rubéola, mononucleose e citomegalovirose.

Palavras-chave imunossuprimido, criança, leukemia, soroprevalência, infecções, câncer.

Reduced immune response and increased predisposition to the development or reactivation of parasitic and viral infections, especially during periods of myelosuppression in patients with onco-hematological diseases, worsen their quality of life and increase the risk of death. Common febrile episodes in this population may require the diagnostic exclusion of new or reactivation of infection. This study aimed to evaluate the seroprevalence of toxoplasmosis, syphilis, rubella, hepatitis, HIV, cytomegalovirus, mononucleosis and Chagas' disease among onco-hematological patients at the time of diagnosis of neoplastic disease from the serologies requested in routine care in a hospital university of reference. Low seroprevalence of acute parasitic infections was observed in patients diagnosed with onco-hematological diseases. There was a high prevalence of prior exposure to rubella virus, mononucleosis and cytomegalovirus in hospitalized patients.

Keywords immunocompromised, children, leukemia, seroprevalence, infections, cancer.

5 - Fatores de risco associados à mortalidade pós correção cirúrgica de atresia de esôfago

Risk factors associated with mortality post esophageal atresia surgical treatment

Luiz Ronaldo Alberti; Paulo Fernando Souto Bittencourt; Simone Diniz Carvalho; Alexandre Rodrigues Ferreira; Carla Jorge Machado; Fernanda Bahia-Coutinho; Luiza Taranto; João Pedro Coelho

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

OBJETIVOS: O objetivo desse estudo é descrever e analisar as características dos pacientes com atresia de esôfago operados no Hospital das Clínicas da UFMG, bem como identificar fatores pré e pós-operatórios associados ao óbito.
MÉTODOS: Foram estudados retrospectivamente os prontuários de todos os pacientes submetidos à correção de atresia de esôfago no HC/ UFMG, no período de setembro de 2000 a dezembro de 2014.
RESULTADOS: Foram estudados 64 pacientes, dos quais 21,9% (n=14) evoluíram para óbito. A idade gestacional inferior a 37 semanas e o esforço respiratório como o motivo da intubação foram os únicos aspectos que estiveram significativamente associados à maior mortalidade (p<0,05). Entretanto, a análise multivariada indicou que o único fator que se manteve positivamente associado ao óbito foi a prematuridade. Os pacientes pré-termo demonstraram ter 5,1 vezes mais chances de evoluir a óbito quando comparados aos pacientes a termo (OR=5,1; IC95% 1,4-19,5, p=0,016).
CONCLUSÕES: Este estudo apresentou relevância significativa na associação do óbito dos recém-nascidos com o nascimento pré-termo, achado este convergente com a literatura revista. A intubação por esforço respiratório não foi uma variável com relevância significativa independente. Suspeita-se que há associação do esforço respiratório com a prematuridade. Tal procedimento ainda não é considerado como interferente no prognóstico pelas classificações de risco propostas até o momento, entretanto se associa a um dos parâmetros propostos por Montreal em sua escala de risco: ventilação mecânica isolada.

Palavras-chave Atresia Esofágica; Fístula; Pediatria; Morte; Procedimentos Cirúrgicos Operatórios.

AIM: The aim of this research is to describe and analyze the characteristics of patients with esophageal atresia operated in the Hospital das Clínicas da UFMG, as well as to identify pre and postoperative factors associated with death.
METHODS: We retrospectively studied the charts of all patients who underwent the surgical treatment of esophageal atresia at HC / UFMG, between September 2000 and December 2016.
RESULTS: 64 patients were studied, of which 21.9% (n = 14) died. Gestational age less than 37 weeks and respiratory effort as the reason for intubation were the only aspects significantly associated with a higher mortality (p < 0.05). However, a multivariate analysis indicated that the only factor that remained positively associated with death was prematurity. Preterm patients were 5.1 times more likely to progress to death than those at term (OR = 5.1, 95% CI, 1.4-19.5, p = 0.016).
CONCLUSION: This study had significant relevance in the association of the newborn deaths with preterm birth, finding that matches with the reviewed literature. Intubation performed due to respiratory effort was not a variable with independent significant relevance. It is suspected that there is an association of respiratory effort with prematurity. This procedure is not considered to interfere on prognosis by the main risk scales proposed until the moment, however it is associated with one of the parameters proposed by Montreal in its risk scale: isolated mechanical ventilation.

Keywords Esophageal Atresia; Fistula; Pediatrics; Death; Surgical Procedures, Operative

6 - Mortalidade por asma em crianças e adolescentes: uma causa de morte quase sempre evitável

Asthma mortality in children and adolescents: a cause of death almost always avoidable

Raquel R. Pitchon; Cristina G. Alvim; Claudia R. Andrade; Laura M.B.F. Lasmar; Alvaro A. Cruz; Adriana P. Reis

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

INTRODUÇÃO: a asma é uma doença heterogênea responsável por elevada morbidade, resultando em comprometimento da qualidade de vida, exacerbações, hospitalizações e mais raramente mortes. Considerando tratar-se de doença tratável e que os óbitos são evitáveis, a tolerância para a ocorrência de mortes por asma deveria ser zero.
OBJETIVO: realizar revisão da literatura sobre a mortalidade por asma na infância e adolescência, sua tendência temporal e os fatores de risco associados.
MÉTODOS: a revisão foi feita nas bases de dados PUBMED, MEDLINE, e SCIELO, abordando o tema de interesse em português e inglês, publicados entre 2007 e 2016. Foram também consultados a Organização Mundial de Saúde e o Ministério da Saúde do Brasil.
RESULTADOS: os fatores de risco associados ao aumento da chance de morrer por asma incluem as falhas na percepção e no reconhecimento da gravidade da doença e de suas exacerbações, visitas frequentes aos serviços de urgência, internações hospitalares, admissões prévias em unidades de tratamento intensivo, a ocorrência anterior de crises de asma grave quase fatais, insuficiência na educação e na adesão do paciente, sua família e /ou da equipe de saúde ao tratamento, uso excessivo de medicamentos broncodilatadores de curta duração, a administração dos broncodilatadores de longa duração em formulações isoladas, inexistência ou irregularidade de uso dos corticosteroides inalatórios para prevenção da asma, ausência de um plano de ação por escrito, desconhecimento dos desencadeantes das exacerbações e falta de encaminhamento para o especialista, atraso na procura por assistência médica e/ou hospitalar, tabagismo, distúrbios psiquiátricos e emocionais, vulnerabilidade socioeconômica e existência de comorbidades. As taxas registradas de mortalidade diferem amplamente de país para país e entre regiões de um mesmo país. Onde foram medidas em crianças, variaram entre 0,0 a 0,7 por 100.000. O decréscimo da tendência temporal da mortalidade por asma, ao longo das últimas décadas, é significativo de acordo com as estatísticas de saúde.
CONCLUSÕES: os óbitos por asma são considerados eventos pouco frequentes e inaceitáveis. As diferenças das taxas de mortalidade pela doença sugerem ampla margem para melhoria da gestão e resultados. O conhecimento sobre a tendência temporal da asma e seus fatores de risco são instrumento de vida e imprescindíveis para a detecção de epidemias de morte, como as já ocorridas no passado, e para a elaboração de políticas públicas e planejamento de saúde, com o objetivo de controle e melhoria da assistência prestada aos pacientes.

Palavras-chave Asma; Mortalidade; Criança; Fatores de Risco; Estudo de Séries Temporais.

INTRODUCTION: It is undoubted that health politics should adapt to changes in the health profile of the population. The Health System (SUS) faces three important situations particulars of the epidemiological change in Brazil - the increase in chronic diseases, aging of the population and external issues, caused mainly by urban violence. The perceptions of managers and workers who work in the health service generate social representations about the experience of their work practice, being an important field of research to understand this scenario.
OBJECTIVE: To emphasize the social representations of managers and workers of the health services of the expanded area of health in the center south of Minas Gerais on the sense of working in the emergency and urgency network.
METHODS: Social approach to qualitative research with the theoretical orientation of the Social Representations, through semi-structured interviews with thirty managers and health service workers.
RESULTS: The elaborated representations show the satisfaction of working in urgency and emergency services, because of these situations the responses are considered immediate and the results are realized by all involved in the process.
CONCLUSIONS: We can consider that the social representations evidenced in this study reveal that the network of attention in urgency and emergency guarantees an optimization of the care. And, in this sense, the feeling of satisfaction emerges in the professionals who are part of the process, recognizing themselves as participating members of the decisions, with the possibility of being heard for improvements to their daily work.

Keywords Asthma; Mortality; Child; Risk Factors; Time-Series study.

7 - Resposta aos procedimentos de reanimação neonatal no quinto minuto de vida em recém-nascidos Apgar ≤3 no primeiro minuto

Response to newborn resuscitation procedures in the fifth minute of life in newborns Apgar ≤3 in the first minute

Maria Cândida Ferrarez Bouzada; Zilma Silveira Nogueira Reis; Matheus Nascimento Otoni Vieira; Luísa Petri Corrêa; Gabriela Mafra de Oliveira; Márcia Gomes Penido; Maria Albertina Santiago Rego; Leni Márcia Anchieta; Roberta Maia de Castro Romanelli

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

INTRODUÇÃO: O nascimento é um momento crítico na vida. 10% dos RN necessitarão de algum tipo de manobra de reanimação. O boletim de Apgar não indica procedimentos, mas permite avaliar a resposta do RN às manobras realizadas.
OBJETIVOS: Avaliar a vitalidade de RN ao nascimento e descrever a resposta aos procedimentos de reanimação neonatal em recém-nascidos (RN) com boletim de Apgar de 1º minuto ≤ 3, considerando a importância da adequada assistência no minuto de ouro.
MÉTODO: Estudo retrospectivo da evolução da população de RN vivos até o 5º minuto de vida. Dados foram obtidos através do sistema de informação SISMater, referente a janeiro de 2010 a dezembro de 2015. Para análise, utilizou-se o Statistical Program for Social Science.
RESULTADOS: Um total de 154 RN apresentaram Apgar de 1º minuto ≤ 3 (112 ≥ 34 semanas e 42 < 34 semanas de Idade Gestacional). Todos foram submetidos aos passos iniciais e 64,3% apresentaram recuperação no Apgar de 5º minuto. Dos RN submetidos a procedimentos, 63,8% recuperou com ventilação com máscara, sendo que houve menor taxa de recuperação em RN com idade gestacional < 34 semanas.
CONCLUSÃO: A ventilação adequada do recém-nascido é o principal procedimento para recuperação do Apgar no 50 minuto, mas um terço de RN com Apgar ≤ 3 no primeiro minuto de vida necessitarão de procedimentos avançados da reanimação. Assim, considera-se que a presença de um pediatra capacitado em sala de parto é essencial para assistência adequada de RN sem vitalidade.

Palavras-chave Recém-nascido; Reanimação Cardiorrespiratória; Parto.

INTRODUCTION: Birth is a critical moment in life. 10% of newborns will require some type of resuscitation maneuver. The Apgar bulletin does not indicate procedures, but allows to evaluate the response of the NB to the maneuvers performed
AIM: The objective of this work was to evaluate the vitality of newborns at birth and to describe the response to neonatal resuscitation procedures in newborns (NB) with Apgar score of 1 minute ≤ 3, considering the importance of adequate assistance in the Golden Minute.
METHODS: It is a retrospective study of the assistive and evolution population of live births up to the 5th minute of life in reference maternity. Data were obtained through the SISMater information system, from January 2010 to December 2015. Statistical Package for Social Science was used for analysis.
RESULTS: A total of 154 NB presented Apgar of 1 minute ≤ 3 (112 ≥ 34 weeks and 42 <34 weeks of Gestational Age). All of them were submitted to the initial steps and 64.3% presented recovery in the Apgar of 5 minutes. Of the NB submitted to procedures, 63.8% recovered with mask ventilation, and there was a lower recovery rate in neonates with gestational age <34 weeks.
CONCLUSIONS: Adequate ventilation of the newborn is the main procedure for recovery of Apgar at 5 minutes and one third of newborns with Apgar ≤ 3 in the first minute of life may require advanced resuscitation procedures. Thus, it is considered that the presence of a trained pediatrician in the delivery room is essential for adequate care of NB without vitality.

Keywords Cardio-pulmonary Resuscitation; Childbirth; Newborn.

Artigos de Revisão

8 - Diagnóstico diferencial entre transtornos de espectro autista e transtorno específico de linguagem receptivo e expressivo: uma revisão integrativa

Differential diagnoses between autistic spectrum disorders and specific receptive and expressive language disorders: an integrating review

Isabela Galizzi Faé; Pedro Guimarães de Azevedo; Anna Luisa Baeta da Costa Sales; Paula Chaves Ribeiro; Yolanda Souza Mares; Flávia Marques de Melo; Antônio Benedito Lombardi

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

Tanto o transtorno do espectro autista (TEA) quanto o transtorno específico de linguagem (TEL) são transtornos do neurodesenvolvimento que se manifestam precocemente durante a infância e sua não identificação acarreta atraso no tratamento, prejuízo pessoal, social e profissional ao paciente. Foi realizada uma revisão sistemática da literatura buscando atualizações para o diagnóstico diferencial entre as entidades. Os trabalhos selecionados demonstram que a linguagem é um campo investigativo importante no que concerne ao diagnóstico de transtornos específicos da linguagem e do espectro autista. Assim, fatores confusionais entre TEA e TEL contribuem para atrasar o início da linguagem, causando dificuldade na interação social. A diferença entre eles está na debilidade funcional, sendo os pacientes com TEA mais acometidos. Os estudos estabelecem que o diagnóstico de TEA envolve também a presença de déficits nas áreas da interação social e cognição, o que torna tais transtornos diferenciáveis de transtornos exclusivos da linguagem. Assim, ambos devem ser abordados de forma distinta para melhor prognóstico do paciente. A presente revisão demonstra que testes específicos têm sido cada vez mais aprimorados para melhorar a capacidade diagnóstica do TEA e sua diferenciação com outras condições e que, ainda assim, permanece fundamental a atenção dos pais, professores e clínicos para esses fenômenos, e a importância de uma abordagem multidisciplinar para realização dos diagnósticos mais precisos.

Palavras-chave Transtorno Autístico; Transtornos da Linguagem; Comportamento Infantil.

Both autistic spectrum disorders (ASD) and language specific disorders (LSD) are neurodevelopment disorders whose manifestation occurs during childhood and their late identification and treatment can lead to losses in personal, social or professional life for patients. A systematic review was made to find updated studies about the differential diagnosis between these disorders. The selected studies have shown that language is an important area of investigation in the diagnosis of language-specific and autistic spectrum disorders. Confusional factors between ASD and LSD explain part of the delay in the beginning of language use and difficulties in social interaction. The difference between then is the functional debility, which is more significant in ASD. Studies have demonstrated that the tools to diagnose ASD involve the presence of deficits or development alterations in areas such as social interaction and cognition, which make that disorder distinct from language specific disorders. Therefore, each disorder has to be approached in a different way to improve patients' prognoses. The present review demonstrates that specific tests have been refined to improve the diagnostic capacity of ASD and its differentiation from other conditions, but it is still fundamental that parents, teachers and physicians pay close attention to those phenomena and it is also important to have a multidisciplinary approach to reach more accurate diagnoses.

Keywords Autistic Disorder; Language Disorders; Child Behavior.

Artigo de Revisão

9 - Sífilis congênita: por que sua prevalência continua tão alta?

Congenital syphilis: why is its prevalence still so high?

Isabella Almeida Motta; Isabella Rey de Souza Delfino; Leticia Vettorazzi dos Santos; Maura Omori Morita; Rayanne Gonçalves Dantas Gomes; Talita Pouzas Soares Martins; Ericka Vianna Machado Carellos; Roberta Maia de Castro Romanelli

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

A sífilis congênita é uma doença infecciosa de abrangência mundial, com potencial para determinar complicações sistêmicas, seja na sífilis congênita precoce (acometimento ósseo, neurológico, hematológico e hepatoesplênico), ou tardia (estigmas decorrente de remodelação e deformidades ósseas). Apesar de ser uma doença passível de tratamento e prevenção a um custo acessível, no Brasil houve um aumento de três vezes na sua prevalência entre os nascidos vivos nos últimos dez anos. A realização de um pré-natal de qualidade permite uma abordagem efetiva da gestante infectada com o tratamento oportuno desta, dos parceiros infectados e da criança em gestação. A melhoria na qualidade à assistência com observância aos fatores de risco pode, de maneira significativa, reduzir a ocorrência da sífilis congênita e prevenir as complicações graves dessa doença na criança a curto e longo prazo.

Palavras-chave Sífilis congênita; Gestante; Prevalência; Fatores de risco.

Congenital syphilis is a global infectious disease with possible systemic complications in early congenital syphilis (bone, neurological, hematological and hepatosplenic) or late (stigma due to remodeling and bone deformities). Although it is a disease with treatment and prevention at an affordable cost, in Brazil there has been a threefold increase in its prevalence among live births in the last ten years. A quality prenatal care allows an effective approach of the infected pregnant woman with timely treatment of mother, infected partners and the child in gestation. Improving quality of care with respect to risk factors can significantly reduce the occurrence of congenital syphilis and prevent serious complications of congenital syphilis in children in the short and long term.

Keywords Syphilis congenital; Pregnant women; Prevalence; Risk factors.

Atualização Terapêutica

10 - Atualização em Malária

Malaria Update

Aline Almeida Bentes; Gabriela Araujo Costa; Daniela Caldas Teixeira

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

A Malária é uma doença infecciosa febril causada por protozoários do gênero Plasmodium, transmitidas por mosquitos do gênero Anopheles. Mais de 40% da população mundial vive em áreas de risco para transmissão de malária, que persiste como importante causa de morbimortalidade em crianças e adultos residentes em área endêmica e em viajantes que se deslocam para tais áreas, especialmente devido a atraso no diagnóstico e tratamento. O controle da malária requer uma abordagem integrada, incluindo prevenção (principalmente controle de vetores), diagnóstico precoce e tratamento imediato com agentes antimaláricos eficazes, que maximizam a probabilidade de cura clínica e parasitológica rápida e minimizam a transmissão da infecção. No Brasil, a malária ocorre de forma endêmica na região da Amazônia e residual no Piauí, no Paraná e em áreas de bioma da Mata Atlântica nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Em 2016 ocorreram seis casos confirmados causados por Plasmodium vivax no município de Diamantina (MG), em área de garimpo. Todos receberam alta e os exames de controle de cura estão negativos até o momento. O viajante que irá se deslocar para área de risco de transmissão da doença deve ser informado sobre suas principais manifestações e medidas de prevenção contra mosquitos, além de ser orientado a procurar assistência médica imediatamente ao apresentar qualquer sinal ou sintoma sugestivo de malária. Não há nenhuma vacina eficaz contra a doença. A quimioprofilaxia está indicada quando o risco de óbito ou de adoecer gravemente for superior ao risco de eventos adversos relacionados às drogas utilizadas.

Palavras-chave Malária, Plasmodium sp., controle malária.

Malaria is a febrile infectious disease caused by protozoa of the genus Plasmodium, transmitted by vectors of the genus Anopheles. Over 40% of the world's population lives in areas at risk for malaria transmission, which persists as an important cause of morbidity and mortality in children and adults living in endemic areas and for people traveling to such areas, especially due to delayed diagnosis and treatment. Malaria control requires an integrated approach, included prevention (primarily vector control), early diagnosis and prompt treatment with effective ant malarial agents. Treatment should maximize the likelihood of rapid clinical and parasitological cure and minimize transmission from the treated infection. In Brazil, malaria is endemic in the Amazon region and in the state of Piauí, Paraná and areas of the Atlantic Forest biome in the states of São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais and Espírito Santo. In 2016, there were six confirmed cases caused by Plasmodium vivax in the Diamantina (MG), in a mining area. All cases have been discharged and cure control tests are negative so far. The person who will be traveling to a malaria transmission area should be informed about the mosquito prevention measures and the main manifestations of the disease, as well as being advised to seek medical assistance immediately when presenting any signs or symptoms suggestive of malaria. There is no effective vaccine against the disease. Chemoprophylaxis is indicated when the risk of serious illness and / or death from malaria is greater than the risk of adverse events related to the drugs used.

Keywords malaria, Plasmodium sp., malaria control.

11 - Diagnóstico diferencial das faringotonsilites na infância

Differential diagnosis of pharyngotonsillitis in childhood

Gabriela Araujo Costa; William Rodrigues Alves; Guilherme Augusto Almeida; Mariana Miranda Lima

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

A infância é o período de primeiro contato com os antígenos, principalmente pelos tratos respiratório e digestório, o que torna as faringotonsilites (FTs), expressas clinicamente por "dor de garganta", uma das principais queixas em consultórios e pronto-atendimentos pediátricos. O manejo dessa condição exige conhecimento técnico apurado e experiência clínica, devido à grande variedade de diagnósticos diferenciais relacionados a esse sintoma. As FTs infecciosas podem manifestar-se com mínima hiperemia da mucosa até enantema com exsudação; o paciente pode apresentar pouco acometimento do estado geral ou prostração intensa. O desafio maior, nesses casos, é diferenciar a etiologia viral da bacteriana, evitando a antibioticoterapia empírica desnecessária. As FTs não infecciosas podem ser atribuídas mais comumente a quadros alérgicos. A história clínica e o estado geral do paciente são as principais pistas diagnósticas. Especial atenção deve ser dada a sinais e sintomas sistêmicos concomitantes ao acometimento faríngeo, devido à possibilidade de, nesses casos, a "dor de garganta" ser o primeiro sinal de uma doença mais complexa. O diagnóstico correto das FTs possibilita o tratamento eficaz, com o mínimo de intervenções e custos para o paciente e para a comunidade.

Palavras-chave Tonsilite; Faringite; Doenças Respiratórias; Diagnóstico Diferencial.

Childhood is the period of first contact with the antigens, mainly by the respiratory and digestive tracts, which makes the pharyngotonsillitis, clinically expressed by "sore throat", one of the main complaints in pediatric's office and emergency rooms. Management of this condition requires the pediatrician to have a thorough technical knowledge and clinical experience, due to the wide variety of differential diagnoses related to this symptom. Infectious pharyngotonsillitis may manifest with minimal mucosal hyperemia up to enanthem with exudation; the patient may present with little affection or intense prostration. The major challenge in these cases is to differentiate the viral etiology from the bacterial one, avoiding unnecessary empirical antibiotic therapy. Non-infectious pharyngotonsillitis may be most commonly attributed to allergic conditions. The clinical history and general condition of the patient are the main diagnostic clues. Special attention should be given to systemic signs and symptoms concomitant with pharyngeal involvement, due to the possibility that, in these cases, "sore throat" may be the first sign of a more complex pathology. The correct diagnosis of FTs makes effective treatment possible, with the minimum of interventions and costs for the patient and the community.

Keywords Tonsillitis; Pharyngitis; Respiratory Tract Disease; Diagnosis Differential.

Relato de Caso

12 - Abordagem da malformação pulmonar congênita de vias aéreas: atualização através de um caso

How to address congenital pulmonar airway malformation: a case study update

Carolina Agostino Rezende; Mariana Isadora Ribeiro Vieira; Vinícius Oliveira Ganem; Thalita Ivata de Morais Mastachtakow; Saulo Ferreira de Assis; Isabela Marugeiro de Paula Teodoro; Gabriela Belizario Lasmar; Fabio Mendes Botelho Filho; Jovita Lane Soares Santos Zanini; Laura Maria de Lima Belizário Facury Lasmar

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

A malformação congênita das vias aéreas (MCVA), anteriormente denominada de malformação adenomatoide cística, resulta de anormalidades na morfogênese das vias aéreas inferiores. Embora rara, é a lesão congênita pulmonar mais comum, cujo diagnóstico tem aumentado com o aprimoramento das técnicas de ultrassonografia pré-natal. Em razão disso, é de extrema importância a discussão do manejo clínico e/ou cirúrgico desses pacientes no período pós-natal, a fim de definirmos a conduta terapêutica. O presente trabalho relata um caso de um neonato, cujo diagnóstico foi suspeitado na ultrassonografia pré-natal, confirmado pela radiografia e tomografia de tórax e, nas primeiras horas de vida, era assintomático e evoluiu para lobectomia.

Palavras-chave Anomalias Congênitas, Malformação Cística Adenomatosa dos Pulmões, Cirurgia Pulmonar.

Congenital pulmonar airway malformation, previously called cystic adenomatoid malformation, is caused by abnormalities in the lower airway morphogenesis. Although rare, it is the most common congenital lung lesion and it's diagnosis have been increasing with the improvement of prenatal ultrasound techniques. Due to this factor it is extremely important to discuss the clinical/surgical management of those patients in the postnatal period, in order to define the best treatment. This is a case report of a newborn child, whose diagnosis was suspected using prenatal ultrasound and confirmed by chest radiography and tomography, in the first hours of life, there were no symptoms but then it evolved to a lobectomy.

Keywords Congenital Abnormalities; Cystic Adenomatoid Malformation of Lung; Pulmonary Surgical.

Educação Médica

13 - Elaboração de protocolos clínicos para hospital terciário como trabalho de conclusão de residência médica

Clinical protocols elaboration for tertiary hospital as medical residency final paper

Beatriz Adriane Rodrigues Gonçalves; Gabriel Gouveia de Aguiar; Marcos Evangelista de Abreu; Flávia Cardoso Rodrigues

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

A residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação lato sensu destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização, cujos programas devem realizar avaliações e trabalho de conclusão de curso. Pensando no fomento à educação médica continuada e desenvolvimento de autonomia em uso de evidências científicas, o trabalho de conclusão de curso dos médicos residentes de pediatria do Hospital Metropolitano Odilon Behrens (HMOB) em 2014 e 2015 consistiu na elaboração de Protocolos Clínicos, que são recomendações desenvolvidas sistematicamente para auxiliar no manejo de um problema de saúde, numa circunstância clínica específica, preferencialmente baseados na melhor informação científica. O desenvolvimento destas diretrizes envolveu uma revisão sistemática das evidências relacionadas à tomada de decisão para as condições alvo e recomendações sobre o manejo dos pacientes. A capacidade de se atualizar continuamente é uma das competências mais importantes a serem adquiridas durante a educação médica, tendo sido este o objetivo almejado com a elaboração destes protocolos pelos residentes. A partir da implementação destes protocolos, é esperada uma maior uniformização das condutas, agora baseadas nas melhores evidências disponíveis, beneficiando pacientes, médicos e gestores.

Palavras-chave Internato e Residência; Medicina Baseada em Evidências; Guia de Prática Clínica; Educação Médica.

The medical residency is a lato sensu post-graduation modality intended for physicians, as a specialization course, whose programs must carry out evaluations and a final paper. Considering the promotion of the continuous medical education and the autonomy development in the use of scientific evidence, the final paper of pediatric residents from Hospital Metropolitano Odilon Behrens (HMOB) in 2014 and 2015 consisted of the elaboration of Clinical Protocols, which are recommendations systematically developed to assist in the management of a health problem, in a specific clinical circumstance, preferably based on the best scientific information. The development of these guidelines involved a systematic evidence review related to decision making for target conditions and recommendations on patient management. The ability to continuously update is one of the most important skills to be acquired during medical education, and this has been the goal sought with the elaboration of these protocols by the residents. With the implementation of these protocols, a greater standardization of the behaviours is expected, now based on the best evidence available, benefiting patients, physicians and managers.

Keywords Internship and Residency; Evidence-Based Practice; Practice Guideline; Medical Education.

14 - Acidentes cáusticos na infância - uma proposta de atendimento nas fases aguda e crônica do acidente

Caustic accidents in childhood - a proposal for care in the acute and chronic phases of the accident

Paulo Fernando Souto Bittencourt; Simone Diniz Carvalho

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

A ingestão de substâncias cáusticas na infância é comum e ainda problema frequente em nosso meio, já que a maioria dos agentes corrosivos encontra-se disponível no domicílio. A gravidade das lesões está relacionada ao tipo, quantidade e concentração do produto ingerido. A endoscopia digestiva alta é exame importante para o diagnóstico das lesões esofágicas e/ou gástricas, assim como para planejamento do tratamento e seguimento do paciente. A apresentação clínica é variada e nem sempre se correlaciona com o grau da lesão. Abordagem adequada da criança nas fases aguda e crônica do acidente cáustico é indispensável. Medidas de prevenção são essenciais para evitar esse tipo de acidente na infância.

Palavras-chave Crianças, Cáusticos, Esôfago, Esofagite, Acidente.

Ingestion of caustic substances in childhood is common and still a frequent problem in our environment, since most corrosive agents are available at home. The severity of the lesions is related to the type, quantity and concentration of the product ingested. High digestive endoscopy is an important exam for the diagnosis of esophageal and / or gastric lesions, as well as for planning the treatment and follow-up of the patient. The clinical presentation is varied and does not always correlate with the degree of the lesion. Appropriate approach of the child in the acute and chronic phases of the caustic accident is indispensable. Prevention measures are essential to prevent this type of accident in childhood.

Keywords Children, Caustics, Esophagus, Esophagitis, Accident.

15 - O que o pediatra precisa saber sobre o processo de iniciação esportiva

What the Pediatrician needs to know about the process of sports initiation

Fernando de Azevedo Alves Pereira; Cleiton Pereira Reis; Ericsson da Silva; Henrique Lima Gonçalves; Cássio da Cunha Ibiapina

Rev Med Minas Gerais; 28.(Suppl.6):, , 2018

O pediatra é um profissional que necessita saber os problemas decorrentes da especialização esportiva precoce (EEP) de crianças e adolescentes. A possível EEP precisa ser um tema mais explorado e discutido no ambiente esportivo. Esse fenômeno pode estar ocorrendo de forma implícita, motivado pelo imediatismo dos pais, influência dos treinadores e formato das competições, sobretudo pela estrutura organizacional de como o esporte de base vem sendo desenvolvido, estimulando e reproduzindo de forma precoce os moldes profissionais de rendimento e desviando do foco a formação global do indivíduo pelo resultado. São inúmeros os benefícios que o esporte e a competição possibilitam ao ser humano, porém, torna-se negativo quando o fio condutor leva exclusivamente ao resultado final. A iniciação desportiva é um momento de grande complexidade, pois servirá de alicerce básico para toda a vida, seja no âmbito motor, social, cognitivo e afetivo. O presente estudo objetiva apresentar o que o pediatra precisa saber sobre os pilares básicos da iniciação esportiva precoce e seus malefícios e buscar alternativas e soluções para a iniciação esportiva consciente.

Palavras-chave Esporte; Iniciação Esportiva; Especialização Precoce.

The pediatrician is a professional who needs to know the problems arising from the early sports specialization (EEP) of children and adolescents. The possible EEP needs to be a more explored and discussed theme in the sports environment. This phenomenon may be occurring implicitly, motivated by the immediacy of the parents, the influence of the coaches and the format of the competitions, above all, by the organizational structure of how the basic sport is being developed, stimulating and reproducing in an early form the professional models of performance and deviating from the focus the overall formation of the individual by the result. There are countless benefits that sport and competition make possible to the human being, but it becomes negative when the conductor leads exclusively to the final result. Sport initiation is a time of great complexity, because this moment will serve as a basic foundation for all life, whether in the motor, social, cognitive and affective scope. The present study aims to present what the Pediatrician needs to know about the basic pillars of early sports initiation, its harms and to seek alternatives and solutions for a conscious sports initiation.

Keywords Sport; Sport Initiation; Early Specialization.