RMMG - Revista Médica de Minas Gerais

Número Atual: 34

 

Artigo Original

1 - Desfechos neonatais desfavoráveis: um estudo de base hospitalar

Adverse neonatal outcomes: a hospital-based study

Juliana Cristina Pereira; Assis do Carmo Pereira Júnior; Eunice Francisca Martins; Bráulio Roberto Gonçalves Marinho Couto; Kleyde Ventura de Souza; Edna Maria Rezende

Rev Med Minas Gerais 2024; 34:e-34101

INTRODUÇÃO: os desfechos neonatais desfavoráveis nos recém-nascidos têm sido associados à excessiva medicalização na atenção ao pré-natal, parto e nascimento.
OBJETIVOS: analisar os desfechos neonatais desfavoráveis em nascidos vivos de um município brasileiro.
MÉTODOS: estudo coorte, realizado em maternidades públicas e privadas. A amostra foi constituída por nascidos vivos. Foram incluídos como desfechos desfavoráveis, ocorrência de prematuridade, baixo peso ao nascer, reanimação neonatal, uso de oxigênio, ventilação mecânica, uso de antibiótico, internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e óbito. A extração dos modelos explicativos foi realizada por regressão logística.
RESULTADOS: avaliaram-se 1088 recém-nascidos, dos quais 32,7% apresentaram algum desfecho neonatal desfavorável, sendo os mais incidentes: manobras de reanimação, uso de oxigênio e prematuridade. No modelo do desfecho neonatal desfavorável, foi fator de risco apresentar intercorrência clínica na gestação, e fatores protetores, possuir plano de saúde e cartão de pré-natal. No modelo para óbito neonatal, as variáveis que expressaram associação significativa foram a idade gestacional, Apgar menor que 7 no 5o minuto e local das condutas de pré-natal.
CONCLUSÃO: alta ocorrência de desfechos neonatais desfavoráveis é um desafio a ser superado e sua prevenção perpassa por ações no processo da gravidez e parto.

Palavras-chave Recém-nascido; Prematuridade; Baixo peso ao nascer; Morbidade; Cesárea.

INTRODUCTION: Unfavorable neonatal outcomes in newborns have been associated with excessive medicalization in prenatal care, delivery and birth.
OBJECTIVE: to analyze unfavorable neonatal outcomes in live births in a Brazilian municipality.
METHODS: cohort study, carried out in public and private maternity hospitals. The sample consisted of live births. The occurrence of prematurity, low birth weight, neonatal resuscitation, use of oxygen, mechanical ventilation, use of antibiotics, admission to the Intensive Care Unit and death were included as unfavorable outcomes. Explanatory models were extracted using logistic regression.
RESULTS: 1088 newborns were evaluated, of which 32.7% had some unfavorable neonatal outcome, the most frequent being: resuscitation maneuvers, use of oxygen and prematurity. In the unfavorable neonatal outcome model, it was a risk factor, presenting clinical intercurrence during pregnancy, and protective factors, like having a health plan and prenatal card. In the model for neonatal death, the variables that expressed a significant association were gestational age, Apgar score below 7 at the 5th minute and location of prenatal care.
CONCLUSION: the high occurrence of unfavorable neonatal outcomes is a challenge to be overcome and its prevention involves actions in the process of pregnancy and childbirth.

Keywords Newborn; Prematurity; Low weight at birth; Morbidity; Cesarean.

2 - SARS-CoV-2 em pediatria: uma análise dos pacientes internados com suspeita de COVID-19 em um hospital do interior de Minas Gerais

SARS-CoV-2 in pediatrics: an analysis of hospitalized patients with suspected COVID-19 in a hospital in the interior of Minas Gerais

Camile Rabello Netto Gribel; Navarro Santos Gribel; Luara Isabela dos Santos

Rev Med Minas Gerais 2024; 34:e-34102

OBJETIVOS: Analisar os principais sinais e sintomas, tempo de permanência em internação hospitalar, diagnósticos encontrados e desfecho clínico das hospitalizações em pacientes pediátricos com suspeita de COVID-19 no ano de 2021.
MÉTODOS: Estudo observacional descritivo retrospectivo com base nos prontuários médicos dos pacientes com sintomas sugestivos de COVID-19 entre zero e 13 anos incompletos, no ano de 2021, que necessitaram de internação em regime de enfermaria em hospital de atenção secundária, público/ privado, do interior de Minas Gerais/MG.
RESULTADOS: Nos 116 pacientes pediátricos suspeitos avaliados, a apresentação clínica, em sua maioria, foi de quadros com febre (70,7%), dificuldade respiratória (57,1%), tosse (55,6%) e sintomas gastrointestinais (51,8%). Mediante boa evolução clínica, a mediana de dias que os pacientes permaneceram internados foi de três dias (2,0-4,0), recebendo alta após melhora clínica com recomendação de isolamento domiciliar. Em relação ao desfecho da internação, 92,5% dos 116 pacientes evoluíram com alta melhorada. Apesar da suspeita de COVID-19, 93,2% dos 116 pacientes testaram negativo, sendo diagnosticados com outras patologias como bronquiolite (18%), crise de exacerbação asmática (18%), gastroenterites (15%) e pneumonia comunitária (12,8%).
CONCLUSÃO: Nossos dados demonstraram que apesar de clínica semelhante, houve maior prevalência de outras patologias em detrimento da COVID-19 nos pacientes pediátricos internados no hospital do interior de MG em 2021.

Palavras-chave COVID-19; Infecções respiratórias; Pediatria; Tempo de internação; Isolamento de pacientes.

OBJECTIVES: To analyze the main signs and symptoms, length of stay in the hospital, diagnoses found and clinical outcome of hospitalizations in pediatric patients with suspected COVID-19 in 2021.
METHODS: Retrospective descriptive observational study based on the medical records of patients with symptoms suggestive of COVID-19 between zero and 13 years incomplete, in 2021, who required hospitalization in an infirmary in a secondary care hospital, public/private, in the interior of Minas Gerais (MG).
RESULTS: In the 116 suspected pediatric patients evaluated, the clinical presentation was mostly with fever (70.7%), breathing difficulties (57.1%), cough (55.6%) and gastrointestinal symptoms (51.8%). Due to good clinical evolution, the median number of days the patients remained hospitalized was three days (2,0-4,0), and were discharged after clinical improvement with the recommendation of home isolation. Regarding the outcome of hospitalization, 92.5% of 116 patients evolved with improved discharge. Despite the suspicion of COVID-19, 93.2% of 116 patients tested negative and were diagnosed with other pathologies such as bronchiolitis (18%), asthma exacerbation crisis (18%), gastroenteritis (15%) and community pneumonia (12.8%).
CONCLUSION: Our data showed that although a similar clinic, there was a higher prevalence of other pathologies to the detriment of COVID-19 in pediatric patients hospitalized in the hospital of interior of MG in 2021.

Keywords Respiratory tract infections; Pediatrics; Length of stay; Patient isolation.

3 - Análise do Perfil de Saúde dos alunos matriculados no Ensino Médio da Escola Estadual Ouro Preto: um estudo transversal descritivo

Analysis of the Health Profile of Students Enrolled in High School at the Ouro Preto State School: a descriptive cross-sectional study

Daniela Fonseca Abdo Rocha; Gabriella Fagundes Carvalho Cabral; Paula de Almeida Silva; Ísis Eloah Machado; Eloisa Helena de Lima

Rev Med Minas Gerais 2024; 34:e-34103

INTRODUÇÃO: A adolescência é caracterizada por mudanças físicas e psicológicas, que tornam esse período repleto de novas experiências e de incertezas, aumentando a vulnerabilidade desse grupo. Nesse sentido, a escola torna-se espaço privilegiado para entender as demandas dos adolescentes e promover intervenções precoces voltadas para educação em saúde na tentativa de diminuir a exposição a potenciais situações de risco.
OBJETIVOS: Descrever o perfil de saúde dos adolescentes matriculados no Ensino Médio da Escola Estadual Ouro Preto no ano de 2022.
MÉTODOS: Estudo transversal descritivo que contou com a participação de 53 alunos matriculados no E.M. da E. E. Ouro Preto. Os estudantes responderam anonimamente ao questionário Youth Risk Behaviour Survey (YRBS) adaptado com questões referentes à saúde mental, comportamento sexual e uso de álcool, tabaco e outras drogas. As respostas foram digitadas no Google Forms, para posterior análise descritiva.
RESULTADOS: 30,8% dos adolescentes já sofreram algum tipo de ameaça e 19,2% já foram agredidos fisicamente; 60,8% afirmaram ter sintomas depressivos ou ansiosos, sendo que 34,6% pensaram em cometer suicídio; 38,5% já tiveram relação sexual, 75% já tiveram orientação sobre doenças sexualmente transmissíveis e 20% não usaram camisinha na última relação sexual; 70,6% dos jovens já experimentaram álcool e 42,3% cigarro alguma vez na vida. 90% consideram a sua saúde normal, boa ou excelente, mas 50% estão insatisfeitos com o peso corporal.
CONCLUSÃO: A violência, sintomas depressivos e ansiosos, sexo inseguro e uso precoce de drogas são problemáticas relevantes entre os adolescentes estudados, tornando essenciais intervenções em saúde focadas nessas temáticas.

Palavras-chave Adolescência; Educação em saúde; Perfil de saúde.

INTRODUCTION: Adolescence is the stage between childhood and adulthood, characterized by physical, and mainly, psychological changes, which make this period full of new experiences and uncertainties, increasing the vulnerability of this group. In this sense, the school becomes a privileged space to understand the individual demands of teenagers and promote early interventions focused on health education in an attempt to reduce exposure to potential risk situations.
OBJECTIVE: To describe the health profile of the teenagers enrolled in high school at the Escola Estadual Ouro Preto in 2022.
METHODS: This is a descriptive cross-sectional study that included the participation of 53 students enrolled in high school at the Escola Estadual Ouro Preto. The students answered the adapted Youth Risk Behaviour Survey (YRBS) questionnaire with questions related to mental health, sexual behavior, alcohol, tobacco and other drug use. The questionnaires were filled out anonymously and the answers were typed into Google Forms for later descriptive analysis. The study was approved by the Ethics Committee of the Federal University of Ouro Preto. RESULTS: The distribution of male and female participants was balanced; 30.8% of the teenagers have suffered some type of threat and 19.2% have been physically assaulted; 60.8% reported having depressive or anxious symptoms, and 34.6% have thought about committing suicide; 38.5% have had sexual intercourse, 75% have received guidance on sexually transmitted diseases, and 20% did not use a condom during the last sexual encounter; 70.6% of the young people have tried alcohol and 42.3% have tried cigarettes at least once in their life. Approximately 90% consider their health normal, good, or excellent, but 50% are dissatisfied with their body weight.
CONCLUSION: It can be seen that violence, depressive and anxious symptoms, unprotected sex, and early drug use are relevant issues among the studied teenagers, making interventions in health focused on these themes essential.

Keywords Adolescence; Health education; Early interventions; Health profile.

4 - Prevalência e fatores associados ao baixo peso ao nascer no estado de Minas Gerais, Brasil

Prevalence and factors associated with low birth weight in the state of Minas Gerais, Brazil

Glenia Junqueira Machado Medeiros; Maria de Lurdes Zanolli; André Moreno Morcillo

Rev Med Minas Gerais 2024; 34:e-34104

INTRODUÇÃO: Um dos indicadores de saúde do recém-nascido é o baixo peso ao nascer (BPN) - peso inferior a 2.500 g - que pode ser determinado pela influência de diversos fatores, como maternos, fetais, placentários e ambientais.
OBJETIVO: Determinar a prevalência e fatores associados ao BPN no estado de Minas Gerais (MG).
MÉTODOS: Estudo de corte transversal que analisou dados de 259.863 nascimentos em MG a partir das Declarações de Nascidos Vivos do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC) de 2011. Desses, 242.487 registros preenchiam os critérios de inclusão: peso maior ou igual a 500 g, sem malformações, 22 semanas ou mais de idade gestacional. Determinou-se a prevalência do BPN e as razões de prevalência brutas e ajustadas por regressão de Poisson.
RESULTADOS: A prevalência do BPN foi 9,2%, sendo maior em mães com menor escolaridade, primigestas, filhos mortos de gestações anteriores, <5 consultas de pré-natal, prematuridade, gravidez múltipla, sexo feminino. A prevalência foi menor nas macrorregiões de saúde Norte, Nordeste, Noroeste, Leste, Leste do Sul, Sudeste, Triângulo do Sul, Jequitinhonha.
CONCLUSÃO: A prevalência do BPN é alta em MG. As variáveis associadas com maior prevalência foram: idade gestacional, gravidez múltipla, escolaridade materna, número de consultas de pré-natal, paridade, sexo, local de nascimento. A menor prevalência ocorreu nas macrorregiões de saúde nas quais as condições socioeconômicas e sanitárias são menos favorecidas, caracterizando o paradoxo do BPN.

Palavras-chave Baixo peso ao nascer; Saúde materno-infantil; Planejamento em saúde; Sistema de Informação em Saúde.

INTRODUCTION: One of the health indicators of the newborn children is low birth weight (LBW) - weight less than 2,500g - which can be determined by the influence of several reasons, such as, maternal, fetal, placental and environmental factors.
OBJECTIVE: To determine the prevalence and factors associated with LBW in the state of Minas Gerais (MG), Brazil.
METHOD: Cross-sectional study which analyzed data from 259,863 live births, in MG, from Brazilian Live Birth Information System (SINASC), in 2011. Of these, 242,487 records met the inclusion criteria: birth weight equal to or greater than 500g, no malformations, 22 weeks or more of gestational age. The prevalence of the LBW was determined. The crude and adjusted prevalence ratios were determined by Poisson regression.
RESULTS: The prevalence of LBW was 9.2%. The prevalence was higher in mothers with lower educational level, primiparity, dead children from previous pregnancies, prenatal care with less than 5 visits to doctor, gestational age less than 37 weeks, multiple pregnancy, and female newborn. The prevalence was lower in the North, Northeast, Northwest, Eastern of South, Southeast, Southern Triangle, East and Jequitinhonha health macro-regions.
CONCLUSION: The LBW prevalence was high, and the variables associated with higher LBW prevalence were gestational age, multiple pregnancy, educational level, number of prenatal visits to doctor, parity, gender, place of birth. The lower prevalence was observed in the health macro-regions in which the socioeconomic and sanitary conditions are worst, characterizing the LBW paradox.

Keywords Low birth weight, Maternal and child health, Health planning, Health Information System.

5 - Abordagem de acadêmicas de medicina sobre a fertilidade feminina

Approach of medicine academics on female fertility

Bruna Eduarda Ribeiro Ramos; Beatriz Libero Abdalla; Ana Márcia de Miranda Cota

Rev Med Minas Gerais 2024; 34:e-34105

INTRODUÇÃO: A maternidade em idade avançada apresentou crescimento significativo no Brasil nas últimas décadas. As transformações socioeconômicas modificaram o papel da mulher, aumentando a sua autonomia em relação ao projeto parental. O adiamento da maternidade pode ser um fenômeno recorrente para futuras médicas, uma vez que a formação em Medicina tem uma longa duração.
OBJETIVO: Avaliar o conhecimento de estudantes de Medicina sobre saúde reprodutiva, através de perguntas sobre senescência reprodutiva, técnicas de preservação da fertilidade e desejos relacionados à maternidade, destacando a importância do tema para um planejamento familiar satisfatório associado à busca pela carreira médica.
MÉTODOS: Estudo descritivo transversal, que analisou o conhecimento de 149 acadêmicos sobre saúde reprodutiva, por meio de um questionário online. Os dados foram analisados no software R versão 4.0.3.
RESULTADOS: Embora o envelhecimento determine o declínio da fertilidade feminina, as tecnologias de reprodução assistida auxiliam aquelas que optam pela maternidade tardia. O tempo de formação foi estimado em 11 anos. A maioria dos estudantes relatou o desejo de ter filhos biológicos e se mostrou favorável à possibilidade de adiar a maternidade por motivos profissionais. A maioria relatou erroneamente que a fecundidade estaria entre 55-85%. 89,9% relataram saber o que é reprodução assistida. A maioria dos estudantes não foi instruída sobre senescência reprodutiva e preservação da fertilidade.
CONCLUSÃO: As estudantes apresentam compreensão limitada sobre saúde reprodutiva, provavelmente pela falta de orientação médica associada a um planejamento familiar insuficiente, que nem sempre considera o fator profissional.

Palavras-chave Preservação da fertilidade; Técnicas de reprodução assistida; Planejamento familiar; Estudantes de medicina.

INTRODUCTION: Motherhood at an advanced age has shown significant growth in Brazil in recent decades. Socioeconomic transformations have modified the role of women, increasing their autonomy in relation to the parental project. The postponement of motherhood can be a recurrent phenomenon for future doctors, since training in Medicine has a long duration.
OBJECTIVE: To evaluate the knowledge of medical students about reproductive health, through questions about reproductive senescence, fertility preservation techniques and desires related to motherhood, highlighting the importance of the topic for satisfactory family planning associated with the pursuit for a medical career.
METHOD: Descriptive cross-sectional study, which analyzed the knowledge of 149 academics about reproductive health, through an online questionnaire. Data were analyzed using R software version 4.0.3.
RESULTS: Although aging determines a decline in female fertility, assisted reproduction technologies help those who opt for late motherhood. The training time was estimated at 11 years. Most students reported the desire to have biological children and were in favor of the possibility of postponing motherhood for professional reasons. Most erroneously reported that fecundity would be between 55-85%. 89.9% reported knowing what assisted reproduction is. Most students were not instructed about reproductive senescence and fertility preservation.
CONCLUSION: The students have a limited understanding of reproductive health, probably due to the lack of medical guidance, in addition to insufficient family planning, which does not always consider the professional factor.

Keywords Fertility preservation; Reproductive techniques; Family development planning; Medical students.

6 - Avaliação da síndrome climatérica em mulheres vivendo com HIV/AIDS em um centro de referência

Assessment of climate syndrome in women living with HIV/AIDS in a reference center

Henrique Otavio Coutinho Sanches; Hugo Siqueira Diniz; Thirza Damasceno Ramos Oliva; Isabella Mesquita Sfair Silva; Gisele Alves Morikawa Caldeira; Flávia Marques Santos; Rosana Maria Feio Libonati

Rev Med Minas Gerais 2024; 34:e-34106

Artigo de Revisão

7 - Avaliação psiquiátrica pré-operatória em candidatos à cirurgia bariátrica: uma revisão integrativa

Preoperative psychiatric assessment in candidates for bariatric surgery: an integrative review

Mateus Lima Martins; Ana Flávia Conegundes Benício; Letícia Chagas Rocha; Isadora Soares Bicalho Garcia; Letícia Oliveira Monteiro; Marisa de Oliveira Torres Almeida; Elaine Leandro Machado

Rev Med Minas Gerais 2024; 34:e-34201

INTRODUÇÃO: A cirurgia bariátrica, embora muito eficaz para o tratamento da obesidade, não trata as disfunções psicológicas que contribuem para o desenvolvimento da doença. Portanto, um tratamento multidisciplinar, visando tratar não apenas a parte biológica, mas o indivíduo como um todo, pode ser decisivo para o sucesso do procedimento.
OBJETIVO: Analisar a importância da avaliação psiquiátrica antes da cirurgia bariátrica.
MÉTODOS: O estudo é uma revisão integrativa realizada nas bases de dados PubMed, LILACs, BVS e SciELO entre setembro e novembro de 2021. Os descritores utilizados foram: "Psychiatry" OR "Psychology" AND "Bariatric Surgery". Foram encontrados 720 estudos, dos quais apenas 22 corresponderam ao tema de pesquisa de acordo com a seleção pelo resumo e pelo texto completo. RESULTADOS: Estudos demonstram que a prevalência de transtornos psiquiátricos em candidatos bariátricos é maior do que da população geral. Além disso, nota-se a falta de padronização da avaliação psiquiátrica antes da cirurgia bariátrica, o que pode dificultar o diagnóstico de psicopatologias para uma intervenção psiquiátrica.
CONCLUSÃO: Para melhorar o prognóstico da cirurgia bariátrica, é benéfico que o atendimento psiquiátrico seja feito de forma padronizada, possibilitando a identificação de psicopatologias que podem influenciar negativamente o sucesso do procedimento.

Palavras-chave Cirurgia bariátrica; Psiquiatria; Cuidados pré-operatórios.

INTRODUCTION: The bariatric surgery, although very effective for obesity treatment, does not treat the psychological dysfunctions that contributed to the development of obesity. Therefore, a multidisciplinary treatment, aiming to treat not only the biological part, but the individual as a whole, can be decisive for the success of the procedure.
OBJECTIVE: To analyze the importance of psychiatric assessment before bariatric surgery.
METHODS: The study is an integrative review conducted in PubMed, LILACs, BVS and SciELO databases between September and November 2021. The descriptors used were: "Psychiatry" OR "Psychology" AND "Bariatric Surgery". 720 studies were found, of which only 22 matched the research theme according to the selection by the abstract and the full text.
RESULTS: Studies demonstrate that the prevalence of psychiatric disorders in bariatric candidates is higher than the general population. Furthermore, it is noted that the lack of standardization psychiatric evaluation before bariatric surgery, which can make detection difficult the diagnosis of psychopathologies for a later psychiatric intervention.
CONCLUSION: To improve the bariatric surgery prognosis, it is beneficial that the psychiatric care be made in standardized way, enabling the identification of psychopathology that can negatively influence success of the procedure.

Keywords Bariatric surgery; Psychiatry; Preoperative care.

8 - O uso de dispositivos de pressão expiratória positiva oscilatória: uma revisão sistemática

The use of oscillatory positive expiratory pressure (OPEP) devices: a systematic review

Yanca Carollynne Souza Moraes; Erikson Custódio Alcântara; Victor Hugo de Sousa Utida; Luciana Carvalho Silveira

Rev Med Minas Gerais 2024; 34:e34202

INTRODUÇÃO: A indispensável aplicação da melhor evidência no tratamento de pacientes com doenças respiratórias que cursam com aumento na quantidade de produção de secreções traqueobrônquicas.
OBJETIVO: Atualizar o conhecimento sobre o cenário do uso dos dispositivos de pressão expiratória positiva oscilatória em âmbito internacional.
MÉTODOS: Revisão Sistemática com ensaios clínicos randomizados, controlados, cruzados, obtidos nos bancos de dados PubMed, SciELO, Cochrane e UpToDate. Foram encontrados 862 artigos, sendo 7 incluídos na análise qualitativa e quantitativa. Resultados: Em predomínio, o dispositivo Flutter foi utilizado, em ambulatórios de hospitais universitários, com adultos diagnosticados com bronquiectasia com idade média de 56,31 anos. O tratamento foi de ± 4,5 semanas com duração de aproximadamente 25 minutos.
CONCLUSÃO: A eficácia e a efetividade dos dispositivos OOAF são indiscutíveis. Vários estudos com distintas metodologias foram realizados e, em unanimidade, todos concluem os efeitos satisfatórios dos dispositivos.

Palavras-chave Fisioterapia; Pressão expiratória positiva oscilatória; Depuração mucociliar; Modalidades de fisioterapia.

INTRODUCTION: The indispensable application of the best evidence in the treatment of patients with respiratory diseases with increased tracheobronchial mucus production has led to the development of health technologies for the application of knowledge and skills organized in the form of devices, drugs, vaccines, procedures and systems to solve a health problem and improve the quality of life.
OBJECTIVE: The objective of this study was to update the knowledge about the real scenario of the use of international oscillatory positive expiratory pressure OPEP devices.
METHODS: Crossover randomized controlled trials were obtained from the PubMed, SciELO, Cochrane and UpToDate databases. Found 862 articles, 7 of which were included in the qualitative and quantitative analysis.
RESULTS: Predominantly the Flutter device was used in outpatient clinics of university hospitals with adults diagnosed with bronchiectasis with average age of 56.31 years. Treatment was ± 4.5 weeks lasting approximately 25 minutes.
CONCLUSION: The educational campaigns about the OPEP should be carried out, to make the target population aware of the importance of using the devices, as well as for health professionals, to rescue the use in clinical practice.

Keywords Airway clearance; Oscillatory Positive Expiratory Pressure (OPEP); Phisiotherapy; Physical therapy modalities.

Relato de Caso

9 - Hemangioma infantil: quais são os principais fatores de risco?

Infantile hemangioma: which are the main risk factors?

Mariana Aparecida Pasa Morgan; Laura Serpa; Beatriz Carvalho; Alice Andrade Gonçalves; Thaís Braga Cerqueira; Aluhine Lopes Fatturi; Rafaela Moura de Oliveira; Vânia Oliveira de Carvalho; Kerstin Taniguchi Abagge

Rev Med Minas Gerais 2024; 34:e-34401

INTRODUÇÃO: O hemangioma da infância (HI) é um tumor benigno do endotélio vascular, caracterizado por aparecimento precoce, crescimento rápido e involução lenta. É o tumor mais comum da faixa etária pediátrica e diversos fatores de risco estão associados ao seu desenvolvimento.
RELATO DE CASO: Gemelares monozigóticas, femininas, prematuras de 29 semanas e com baixo peso ao nascimento, apresentando manchas avermelhadas que após 15 dias evoluíram para tumorações eritematosas, com diagnóstico de HI.
CONCLUSÃO: Este relato de caso exemplifica simultaneamente os principais fatores de risco para o desenvolvimento do HI, que devem ser reconhecidos por pediatras para seu diagnóstico precoce e acompanhamento/manejo adequado.

Palavras-chave Hemangioma infantil; Hemangioma; Tumor vascular; Neonatal; Gêmeos; Probabilidade; Fatores de risco.

INTRODUCTION: Infantile hemangioma (IH) is a benign tumor of the vascular endothelium, characterized by early appearance, rapid growth, and slow involution. It is the most common tumor in the pediatric age group, and several risk factors are associated with its development.
CASE REPORT: Monozygotic twins, female, 29 weeks premature and with low birth weight, presenting reddish spots that after 15 days evolved into erythematous tumors, with a diagnosis of IH.
CONCLUSION: This case report exemplifies simultaneously the main risk factors associated with the development of IH. Recognition of these factors by pediatricians is crucial for early diagnosis, appropriate follow-up, and management.

Keywords Infantile hemangioma; Hemangioma; Vascular tumor; Neonatal; Twins; Probability; Risk factors.

10 - Tumor de células gigantes de laringe

Laryngeal gigant cell tumor

Michelly Macedo de Oliveira; Antônio Fernando Salaroli; Sulene Pirana; Daniel Pirana Calzavara

Rev Med Minas Gerais 2024; 34:e-34402

Os tumores de células gigantes (TCG) são geralmente de natureza benigna, tipicamente encontrados na área epifisária de ossos longos, acometem indivíduos na terceira década e têm uma leve predileção pelo sexo feminino. TCG representam cerca de 4% a 9,5% de todos os tumores ósseos e 20% de todos os tumores ósseos benignos. Aproximadamente, 2% de todos TCG ocorrem na região da cabeça e pescoço. Entretanto, TCG primário de laringe é uma entidade extremamente rara, com 43 casos relatados até o momento. Portanto, o presente artigo teve por objetivo relatar um caso de TCG de laringe em paciente jovem de sexo masculino. Dada a incerteza de distinção clínica e radiológica entre a ampla variedade de diagnósticos diferenciais, é indispensável exame histopatológico para um diagnóstico definitivo e conduta terapêutica. O tratamento do TCG é controverso, porém, atualmente, a literatura apoia o manejo cirúrgico. A incidência de TCG não é uma situação corriqueira na prática médica, sendo que a diversidade de diagnósticos diferenciais é bastante ampla, podendo induzir o médico a suspeitar de outras doenças que acometem a laringe. A TCG raramente é considerada entre as hipóteses diagnósticas, sua incidência é extremamente rara e dados de manejo devem ser estudados.

Palavras-chave Tumores de células gigantes; Laringe; Disfonia.

Giant cell tumors (GCT) are usually benign, typically found in the epiphyseal area of long bones, affect individuals in the third decade, and have a slight female predilection. GCT represent about 4% to 9.5% of all bone tumors and 20% of all benign ones. Approximately 2% of all GCT occur in the head and neck region. However, primary laryngeal GCT is an infrequent entity, with 43 cases reported to date. Therefore, the present study aimed to report an issue of laryngeal GCT in a young male patient. Given the uncertainty of clinical and radiological distinction between the wide variety of differential diagnoses, histopathological examination is indispensable for a definitive diagnosis and therapeutic management. The treatment of GCT is controversial. However, currently, the literature supports surgical management. The incidence of GCT is not a common situation in medical practice, and the diversity of differential diagnoses is quite broad, which may lead the physician to suspect other diseases that affect the larynx. GCT is rarely considered among the diagnostic hypotheses, its incidence is sporadic, and management data must be studied.

Keywords Giant cell tumors; Larynx; Dysphonia.